Publicidade

Correio Braziliense PRATA DA CASA

Artista mirim ganha concurso musical voltado a crianças da periferia

Comparada com as irmãs sertanejas Maiara e Maraisa, Manu Lopes conquistou o primeiro lugar em evento de caça-talentos infantil


postado em 08/09/2018 18:00

 
Emanuele Lopes tinha apenas 7 anos quando decidiu o futuro: ser artista. Manu Lopes, como é conhecida, sonhava em ser cantora, atriz e modelo. E, desde então, persegue esse sonho. A mãe, Eliane Lopes, e o pai, Aldemário Leles, confessam que gostariam de ver a filha seguir outra carreira, como a de médica. "Mas se esse é o sonho dela, nós vamos apoiar e fazer de tudo para que ela realize. Vê-la feliz é o que mais importa para mim", diz o pai, com orgulho.
 
"Eu me decidi quanto tinha 7 anos. Participei de um evento e vi que queria fazer aquilo para o resto da vida", aponta, com firmeza, a moradora de Ceilândia. Tamanha vontade é cuidada de perto pelos familiares, para que Manu preserve a infância e a educação, e não perca de vista a carreira. "As redes sociais, por exemplo, sou eu quem cuida. E também não abro mão de que ela brinque, seja frequente na escola e tire notas boas para continuar cantando", sustenta a mãe da menina. 

Manu está no caminho certo. Em agosto, após três etapas da 2ª edição do concurso Estrelato Kids, Manu Lopes, agora com 11 anos, garantiu o primeiro lugar na competição e ganhou a gravação e a produção de uma música com o cantor Vithor Vasco, de São Paulo. Eliane é quem inscreve as filhas nos concursos e eventos. Ela viu em uma rede social a oportunidade do festival e se apressou em mandar o primeiro vídeo que encontrou em seu computador.

A resposta demorou cerca de dois meses para chegar, mas Manu foi selecionada e ganhou o primeiro lugar após passar por três etapas e eliminar 25 candidatos. Um dos jurados do concurso, o cantor paulista Vithor Vasco, famoso no meio teen, se mostrou encantado com o talento da menina. "Assim que ela entrou, percebi que tinha muita presença de palco. Ela consegue interagir com a plateia de forma inigualável, além de ter uma voz muito bonita", elogia.

Manu aceita o elogio porque uma das principais preocupações da pequena artista é a interação com o público. "Se eu canto e eles não interagem, sinto que não estão gostando", define. Outros jurados chegaram a comparar o desempenho dela no palco com a da dupla sertaneja Maiara e Maraisa. Agora, a brasiliensea e Vithor vão gravar uma música juntos em uma produtora de São Paulo.  
 
 

Ajuda do teatro

Para alcançar o sonho de ser cantora, atriz e modelo, mas não perder a alma de criança, a menina aposta nas aulas de teatro. "O teatro me ajuda muito a dominar o palco e ficar mais à vontade lá em cima", sustenta. Agora, a artista mirim recebeu um reforço para incrementar na carreira. Após o Aqui DF e o Correio divulgarem a participação da Manu no Prata da Casa, o Estúdio de Canto Popular Márcia Tauil presenteou a menina com uma vaga na Oficina de Canto, que será ministrada em 30 de setembro, pela própria Márcia Tauil.

O evento vai abordar tópicos essenciais para uma apresentação segura e atraente para a plateia.  Tauil, além de ser um dos maiores nomes da música popular brasileira, adquiriu uma rica técnica vocal ao longo dos anos. "Temos que apoiar quem tem o sonho de viver da arte, principalmente as crianças", afirma a cantora. Além disso, Márcia dará para a menina uma bolsa de estudos em sua escola de canto. Durante quatro meses, Manu vai aprender técnicas vocais importantes para o amadurecimento da voz nessa idade. 

Concurso para a periferia

O Estrelato Kids é um concurso idealizado pelo estudante de jornalismo Wenderson Beckister, de 21 anos, em conjunto com quatro colegas. O projeto busca alcançar crianças da periferia do Distrito Fedearl que, por vezes, não conseguem chegar a grandes festivais por falta de informação ou de técnica. "Nós acreditamos que a arte e a cultura transformam vidas e está diretamente atrelada à educação. Infelizmente, crianças que não têm tanta estrutura, como produção e aula de canto, não são selecionadas para eventos maiores. Nós as ajudamos a daros primeiros passos", afirma Beckister. 
 
* Estagiária sob a supervisão de Leonardo Meireles 

Conheça Manu Lopes

Instagram: @manulopesleles_oficial
Telefone: (61) 985459008

Estúdio de Canto Márcia Tauil

Endereço: 703 norte, bloco H, casa 12. Casa da Cultura de Brasília. 
Telefone: (61) 99198 9009
Valor da Oficina: R$ 100,00 antecipado e R$120,00 na hora. Duração: 3h30


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade