Publicidade

Correio Braziliense

Autor de estupro no Parque da Cidade ainda não foi encontrado

Polícia Civil não tem informações sobre o paradeiro autor do crime ocorrido na tarde da última quarta-feira


postado em 10/09/2018 11:57 / atualizado em 10/09/2018 12:05

Caso de estupro no Parque da Cidade é investigado pela Delegacia Especial de Atendimento à Mulher(foto: Bárbara Cabral/Esp. CB/D.A Press)
Caso de estupro no Parque da Cidade é investigado pela Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (foto: Bárbara Cabral/Esp. CB/D.A Press)
Seis dias após o crime, a Polícia Civil do Distrito Federal ainda não conseguiu prender o homem acusado de estuprar uma mulher de 42 anos, dentro do Parque da Cidade. O crime aconteceu na quarta-feira (5/9) por volta das 13h, após a vítima ser abordada na 408 Sul e levada para uma área próxima do Nicolândia. 
 
O caso é apurado pela Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam). Segundo relato da vítima, um homem a obrigou a entrar no carro dele quando ela caminhava na 408 Sul. De lá, ele seguiu para o Parque da Cidade, onde a estuprou e, em seguinda, tentou estrangulá-la. Ela foi encaminhada ao Hospital Regional da Asa Norte (Hran) e prestou depoimento no mesmo dia do ataque.  

Estupro em números 

O Distrito Federal acumula 422 casos de estupro entre os meses de janeiro e agosto de 2018, segundo dados da Secretaria de Segurança Pública (SSP-DF). Destes, em 57% dos registros as vítimas têm algum vínculo com o autor. A maioria absulta das vítimas, 97%, são mulheres. O índice apresenta uma queda de 13% em relação ao registrado em 2017.  

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade