Publicidade

Correio Braziliense

Inmet emite alerta para o DF e Entorno: umidade do ar pode chegar a 12%

Parte de Mato Grosso, de Goiás e de Tocantins estão sob o alerta laranja de baixa umidade, emitido pelo Instituto Nacional de Meteorologia


postado em 10/09/2018 17:12 / atualizado em 10/09/2018 18:29

(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)

Distrito Federal, parte de Mato Grosso, de Goiás e Tocantins estão sob o alerta laranja de baixa umidade do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). A umidade no ar nessas regiões deve variar entre 20% a 12% nesta segunda-feira (10/9).

 

Em aviso publicado às 12h, o instituto afirma que a situação climática aumenta os riscos de incêndio e para a saúde, como ressecamento da pele, desconforto nos olhos, boca e nariz. Para aliviar a sensação da seca, recomenda-se a ingestão de bastante líquido, uso de hidratantes para pele, umidificação do ambiente. Além disso, atividades físicas intensas e exposição ao sol devem ser evitadas.

 

A Defesa Civil, recomenda também que se evite o uso de ar-condicionado, faça refeições leves, use protetor solar em abundância e umidifique o ambiente com aparelhos ou toalhas molhadas, pingar duas gotas de soro fisiológico em cada narina, pelo menos 6 vezes ao dia, diminuindo a ocorrência de sangramento.

 

“O evento é uma massa de ar seco e quente que costuma atuar na região central do país nesta época do ano. O céu fica bem azul, com poucas nuvens e os níveis de umidade no ar chegam a ficar próximo dos 10%”, afirma Maria das Dores de Azevedo, meteorologista do Inmet.

 

O estado de alerta foi dado após a umidade relativa do ar ter ficado entre 12% e 20% por três dias consecutivos. O estado de atenção é declarado quando esta apresenta 20% e 30% durante cinco dias consecutivos e o estado de emergência é quando os registros ficam abaixo de 12% por dois dias seguidos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade