Publicidade

Correio Braziliense

DF deve ganhar mais três estações de metrô até o fim do ano

As novas paradas, na 110 e na 106 Sul e a Estrada Parque, em Águas Claras, devem ser entregues até o fim do ano. A expectativa do governo é de que as interdições nos eixos W e L terminem em duas semanas


postado em 11/09/2018 06:00

O governador Rodrigo Rollemberg (PSB) vistoriou as obras ontem e garantiu o término ainda este ano(foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
O governador Rodrigo Rollemberg (PSB) vistoriou as obras ontem e garantiu o término ainda este ano (foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
O Distrito Federal está prestes a ganhar três novas estações de metrô, mesmo com a continuação das obras. A previsão é de que, até novembro deste ano, as paradas da 106 Sul, no Cine Brasília, e da 110 Sul possam receber passageiros. Até o fim de 2018 deve ficar pronta ainda a da Estrada Parque, em Águas Claras. As duas primeiras obras foram orçadas, ao todo, em cerca de R$ 38 milhões.

Na manhã de ontem, o governador do DF, Rodrigo Rollemberg (PSB), participou da vistoria das obras da Estação 110 Sul. Ele garantiu que o governo abrirá, na próxima semana, processo de licitação para a construção de três novos pontos de metrô em Samambaia, que ganhará 3,8km em trilhos. As duas novas estações da cidade, no entanto, não têm estimativa de orçamento nem prazo para conclusão.
Os detalhes das obras devem ser debatidos nos próximos dias, com o lançamento do contrato de licitação. “Vai melhorar muito a mobilidade urbana”, frisou o governador durante a vistoria.

O presidente da Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF), Marcelo Dourado, informou que tanto as obras da Estação 106 Sul quanto as da 110 Sul estão próximas do fim. “Estamos com cerca de 80% dos trabalhos concluídos. A Estrada Parque está com 50% do total pronto, mas se trata de uma obra menor”, destacou.

As duas estações do Plano Piloto devem começar a receber passageiros até novembro, mas as obras vão continuar. De acordo com Rollemberg, apenas os trabalhos no Eixo W serão finalizados no fim do ano, enquanto os do Eixo L têm previsão de conclusão concluído no início de 2019. “A parte interior da estação está em fase de acabamento. Precisamos fazer apenas a conclusão de algumas estruturas”, ressaltou. Além dos pontos de embarque e desembarque, os moradores da capital contarão com passagens para pedestres sob os eixos W, L e Rodoviário.

Trânsito 

Desde julho deste ano, os moradores do Distrito Federal enfrentam alterações no trânsito por causa das obras das estações de metrô da Asa Sul. Na altura das quadras 106 e 110 Sul, há desvios no sentido Rodoviária do Plano Piloto e Saída Sul. A expectativa é de que esses desvios permaneçam por mais duas semanas, quando as obras na parte superior devem ser finalizadas. Os trabalhos continuarão apenas embaixo das vias. A etapa final das estações das quadras 110 e 106 Sul começou em fevereiro e abril deste ano, respectivamente.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade