Publicidade

Correio Braziliense

Padrasto suspeito de estuprar e tentar matar enteada é denunciado

De acordo com o MPDFT, o homem, armado de uma faca, rendeu a adolescente e praticou o estupro. Depois a golpeou com a arma


postado em 11/09/2018 00:05 / atualizado em 11/09/2018 00:28

(foto: Paulo H. Carvalho/CB/D.A Press)
(foto: Paulo H. Carvalho/CB/D.A Press)

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) ajuizou, nesta segunda-feira (10/9), uma denúncia contra um homem de 35 anos suspeito de estuprar e tentar matar a própria enteada, de 15 anos. O caso foi indicado pelos promotores como tentativa de feminicídio. 

A argumentação para propor o agravante consiste na afirmativa de que po crime foi praticado por razões da condição de sexo feminino em contexto de violência doméstica e familiar. O caso aconteceu em 25 de agosto deste ano, quando o padrasto estava sozinho com a menina, em casa,  na Vila São José, em Vicente Pires. 

De acordo com a denúncia, o suspeito, armado com uma faca, segurou a adolescente e praticou o estupro. Depois, golpeou a vítima com a arma. Ela não morreu pois recebeu atendimento médico a tempo, mas foi levada em estado grave ao Hospital Regional de Taguatinga (HRT).   

Após o suposto crime, o homem foi encontrado por populares que o detiveram. De acordo com a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), quando os policiais chegaram ao local, o suspeito estava amarrado e bastante machucado. Ele recebeu atendimento médico e foi preso. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade