Publicidade

Correio Braziliense

Massa de ar seco deixa Brasília com umidade relativa do ar entre 55% e 15%

Números indicam uma seca preocupante e Inmet passa a emitir estado de alerta para a capital


postado em 11/09/2018 06:52 / atualizado em 11/09/2018 08:17

Céu aberto e dias quentes marcam semana do brasiliense(foto: Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)
Céu aberto e dias quentes marcam semana do brasiliense (foto: Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)
 
O Distrito Federal está em estado de alerta devido a baixa umidade relativa do ar da capital, e nesta terça-feira (11/9) a situação continua crítica. O dia de hoje terá porcentagens de umidade variando entre 55% e 15%, deixando Brasília em mais uma semana de seca, sem chances de chuvas. 

De acordo com o meteorologista Amilton Carvalho, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), essas condições climáticas já eram esperadas: "É normal nesta época do ano a umidade cair, assim como ocorreu em agosto, porque ainda existe uma massa de ar quente e seco sobre a região central do país", explicou.

O período mais quente desta terça será entre os horários de 14h e 16h, quando os termômetros marcarão uma máxima de 29ºC, temperatura que vem se repetindo desde domingo. Com ventos fracos, a sensação térmica pode aumentar alguns graus, deixando a tarde do brasiliense ainda mais abafada.

Outro fator que pode contribuir para o tempo quente é a falta das sombras, tão procuradas por quem enfrenta o sol forte. Isso porque o céu ficará boa parte do dia com poucas nuvens, entre parcialmente nublado e claro. O meteorologista do Inmet ainda adianta que dificilmente o clima mudará nos próximos dias.

"Até sexta-feira (14/9), o tempo continua assim, com umidades baixas que podem ter mínimas entre 15%, temperatura máxima variando entre 28ºC e 30ºC e sem chance de chuva. Essas condições não devem ser quebradas a curto prazo", disse Amilton Carvalho.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade