Publicidade

Correio Braziliense

Candidata do Pros venceria no segundo turno se eleições fossem hoje

Desempenho da candidata do Pros, de acordo com a pesquisa do Instituto Opinião Política, supera o dos concorrentes em caso de uma nova rodada de votações em outubro


postado em 12/09/2018 05:33

Se a disputa do segundo turno fosse entre Eliana Pedrosa e Rodrigo Rollemberg (PSB), a ex-parlamentar ganharia a eleição com 46,5% dos votos(foto: Arthur Menescal/CB/D.A Press)
Se a disputa do segundo turno fosse entre Eliana Pedrosa e Rodrigo Rollemberg (PSB), a ex-parlamentar ganharia a eleição com 46,5% dos votos (foto: Arthur Menescal/CB/D.A Press)
A pesquisa encomendada pelo Correio Braziliense e realizada pelo Instituto Opinião Política testou seis cenários para um eventual segundo turno, com os quatro candidatos mais bem colocados na primeira sondagem. A ex-deputada distrital Eliana Pedrosa, candidata do Pros ao GDF, é a única que venceria em todas as simulações.

Se a disputa do segundo turno fosse entre Eliana Pedrosa e Rodrigo Rollemberg (PSB), a ex-parlamentar ganharia a eleição com 46,5% dos votos, contra 22,7% do atual governador. Nesse cenário, 28% dos eleitores declararam que pretendem votar nulo ou em branco, e 2,8% não souberam avaliar.

Outra possibilidade analisada pelo levantamento foi uma disputa entre Eliana e o deputado federal licenciado Rogério Rosso, do PSD. Nessa hipótese, a candidata ganharia com 40,8% dos votos, e o ex-governador tampão do Distrito Federal seria a opção de 29,7% dos entrevistados. Para essa simulação, 26,2% dos eleitores afirmaram que votarão nulo ou em branco e 3,3% não souberam avaliar.

Caso a eleição de 28 de outubro seja disputada por Pedrosa e pelo deputado federal Alberto Fraga (DEM), a ex-deputada distrital e empresária teria 40,5% dos votos e o parlamentar, líder da Bancada da Bala, ficaria com 28,8% do eleitorado. Nessa conjuntura, 26,3% dos entrevistados garantiram que preferem votar nulo ou em branco e 4,3% não souberam avaliar.

Já se a disputa ficasse entre Alberto Fraga e Rodrigo Rollemberg, o deputado federal do DEM seria eleito com 40,9% dos votos, e o governador ficaria com 26,8% do eleitorado, de acordo com a pesquisa do Instituto Opinião Política. Nessa simulação, 29,3% dos entrevistados votariam nulo ou em branco, e 3,0% não souberam avaliar.



Outra opção de cenário testada no levantamento encomendado pelo Correio foi um eventual segundo turno entre Rogério Rosso e o governador Rollemberg. Nesse contexto, o candidato do PSD ganharia as eleições com 42,5% dos votos e o governador ficaria com 26,4%. Nessa conjuntura, 27,7% do eleitorado declarou a intenção de votar nulo ou em branco e 3,4% não souberam avaliar.

Por último, a pesquisa de intenções de voto do Correio Braziliense testou como seria um eventual segundo turno entre os deputados federais Rogério Rosso e Alberto Fraga. Com esse horizonte, Rosso ganharia a eleição com 36,5% dos votos. Mas, nesse cenário, a diferença entre os candidatos seria menor: Alberto Fraga teria a preferência de 30,5% dos eleitores. Com esse panorama, 28,5% dos entrevistados votariam nulo ou em branco, e 4,5% não souberam avaliar.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade