Publicidade

Correio Braziliense

Funcionários do metrô podem entrar em greve na próxima semana

Reunião que decidirá ações será realizada no próximo domingo (16/9)


postado em 13/09/2018 17:59 / atualizado em 13/09/2018 18:30

(foto: Minervino Junior/CB/D.A Press)
(foto: Minervino Junior/CB/D.A Press)
Uma assembleia geral do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Metroviários do Distrito Federal (SindMetrô/DF), marcada 16 de setembro, pode definir uma nova greve da categoria. Os funcionários do Metrô reivindicam melhores condições de trabalho, com questões como a convocação dos aprovados em concurso público para a Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF) e reajuste de salário.

A reunião ocorrerá na estação Praça do Relógio, em Taguatinga, às 20h. De acordo com Renata Campos, secretária de Comunicação e Mobilização do sindicato, a questão salarial é um dilema antigo: “Já estamos desde 2015 sem nenhum reajuste. A Justiça mandou pagar o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) de 2015, mas eles não sinalizaram que vão pagar, porque a prévia do contracheque dos servidores saiu e eles não adicionaram esse pagamento”.

Também estarão em pauta na reunião o descumprimento do ACT, um acordo coletivo de trabalho vigente, que trata de contratos e jornadas de trabalho, entre outros temas. Além de informes gerais amplos, a assembleia tratará de mais cinco questões trabalhistas, que serão concluídas com a pauta sobre a operação de emergência a ser organizada em negociação com o Metrô-DF.
 
O Metrô-DF informou que a empresa dialoga com o sindicato e que vai aguardar a decisão da assembleia para se pronunciar. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade