Publicidade

Correio Braziliense

Morador de rua é apedrejado, morto e abandonado em matagal em Brazlândia

Segundo a comunicação da PM, vítima foi morta por outros moradores de rua que o atacaram com uma barra de concreto após uma discussão


postado em 17/09/2018 15:23 / atualizado em 17/09/2018 15:23

A vítima foi atacada com uma barra de concreto e teve parte do crânio esmagada(foto: Cícero Lopes/CB/D.A Press)
A vítima foi atacada com uma barra de concreto e teve parte do crânio esmagada (foto: Cícero Lopes/CB/D.A Press)
Um homem entre 35 e 40 anos de idade foi encontrado morto por volta das 5h desta segunda-feira (17/9) próximo à Feira da Vila São José, em Brazlândia. A equipe da Polícia Militar, que atendeu a ocorrência, encontrou o corpo com sinais de apedrejamento. Próximo ao local, a PM também encontrou uma barra de concreto com cerca de 10 quilos, que estava com marcas de sangue. 

Segundo a corporação, o homem foi morto por um grupo de moradores de rua que o atacaram após um discussão durante a madrugada. Ele teve o crânio esmagado. Um outro morador de rua, que segundo testemunhas, estava dormindo ao lado da vítima, foi levado à 18ª Delegacia de Polícia (Brazlândia) para depor. No depoimento ele reconheceu que conhecia o homem, mas que não se lembrava de nada porque estava bêbado.

Por volta das 8h50 de hoje, a irmã do homem assassinado prestou depoimento e negou que a vítima tivesse alguma inimizade ou que ela suspeitava de alguém. Ela informou que o irmão morava na rua e que dias antes estava internado em uma clínica em Planaltina, mas que após o falecimento do pai, abandonou o tratamento e voltou para a condição de morador de rua. A Polícia Civil ainda não tem informações sobre os suspeitos.


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade