Publicidade

Correio Braziliense

Dupla sertaneja se apresenta na Estação Central do metrô nesta sexta

A dupla Macedo e Mariano fará a última apresentação da série de shows do projeto Recorte Histórico da Música de Viola Caipira, que passou pelas estações de Taguatinga e de Ceilândia


postado em 21/09/2018 06:00

A dupla Macedo e Mariano canta clássicos, hoje, das 17h às 18h, sob a Rodoviária do Plano Piloto(foto: Carlos Vieira/CB/D.A Press )
A dupla Macedo e Mariano canta clássicos, hoje, das 17h às 18h, sob a Rodoviária do Plano Piloto (foto: Carlos Vieira/CB/D.A Press )

No improvável espaço, um palco montado, uma dupla de violeiros tipicamente caipira. Atrás deles um baixista e um acordeonista. No ar, a melodia de canções que fizeram parte da infância de muita gente. Clássicos da música sertaneja de raiz como O menino da Porteira e Jorginho do Sertão. Este momento pode ser apreciado por quem passar pela Estação Central do Metrô-DF, sob a Rodoviária do Plano Piloto, hoje, das 17h às 18h.

A dupla Macedo e Mariano fará a última apresentação da série de shows do projeto Recorte Histórico da Música de Viola Caipira, que passou pelas estações de Taguatinga e de Ceilândia, sempre acompanhados por uma intérprete de libras, que usa a linguagem de sinais para levar aos deficientes auditivos a mesma alegria transmitida aos ouvintes pelas canções caipiras. Os cantores produziram ainda um teaser com audiodescrição e folhetos em braile para deficientes visuais.

O Recorte Histórico da Música de Viola Caipira integra o projeto Cultura no Metrô. Criado em 2015 pela estatal que administra o transporte sobre trilhos, ele inclui outros formatos culturais, como filmes, exposições artísticas, teatro, dança e batalhas de rimas. Para participar da iniciativa, os interessados devem entrar no site do Metrô, acessar a aba “serviços e cultura”, ler o regulamento, preencher uma ficha de inscrição e enviar para a Assessoria de Comunicação avaliar.


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade