Publicidade

Correio Braziliense

Homem fica três horas em motel, não paga conta e vai parar na delegacia

Caso aconteceu em motel de Taguatinga, na madrugada desta sexta-feira (21/9)


postado em 21/09/2018 12:42 / atualizado em 21/09/2018 12:42

Caso foi parar na 21ª Delegacia de Polícia(foto: Reprodução/Internet)
Caso foi parar na 21ª Delegacia de Polícia (foto: Reprodução/Internet)

Depois de três horas em um quarto de motel, um morador de Brasília foi parar na delegacia. Na hora de pagar a conta, o cliente de 53 anos teve o cartão negado e o constrangimento virou caso de polícia. O caso aconteceu em um estabelecimento de Taguatinga, na madrugada desta sexta-feira (21/9). 

Os gerentes do motel tentaram fazer um acordo com o homem, mas ele disse que estava sem dinheiro e não poderia pagar, segundo a Polícia Militar, que foi chamada para atender a ocorrência inusitada. O acusado alegou que o valor da conta estava acima do limite do seu cartão, mas não apresentou alternativa de pagamento. 

Sem solução, o caso foi parar na 21ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Sul). Foi feito boletim de ocorrência, o acusado assinou um termo de compromisso de comparecimento em juízo e foi liberado. Uma situação semelhante aconteceu uma semana atrás: uma mulher de 36 anos foi detida após se recusar a pagar uma conta de R$ 647,75 em um restaurante.

Ela consumiu bebidas e comidas à vontade e quis sair do estabelecimento sem pagar. A polícia foi chamada e ela também foi levada a DP para assinar o termo. Em ambos os casos, a ocorrência foi registrada como “Outras fraudes”, por se tratar de algo incomum. Mas vale ressaltar que, apesar de não ficarem presos, ambos responderão ao crime na justiça. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade