Publicidade

Correio Braziliense

Rollemberg alerta para retrocesso caso adversários assumam o governo

O governador afirmou que o próprio governo tem falhas, mas que Brasília corre o risco de eleger 'corruptos'


postado em 23/09/2018 19:39 / atualizado em 23/09/2018 19:39

Rollemberg participou de reunião com membros do PSB no Setor Hípico Sul(foto: Bárbara Cabral/ Esp. CB/ D.A Press)
Rollemberg participou de reunião com membros do PSB no Setor Hípico Sul (foto: Bárbara Cabral/ Esp. CB/ D.A Press)
O governador Rodrigo Rollemberg (PSB) subiu o tom contra adversários em evento de apoio a um candidato do partido no Setor Hípico Sul. O socialista reconheceu erros do governo atual, mas disse que Brasília corre o risco de eleger corruptos.
 
"Nosso governo tem falhas, não fizemos tudo o que gostaríamos, mas precisamos dizer não ao retrocesso e manter a nossa cultura de um governo limpo e sem corrupção", declarou. "Brasília não merece voltar para as mãos daquelas pessoas que destruíram a cidade."

"Tem candidato que se diz novo comprando apoio de lideranças e sendo candidato para substituir alguém que não pôde", acusou. "Estamos correndo risco. Se nós não vestirmos a camisa da cidadania e procurar as pessoas que conhecemos e mostrar o que está em jogo, Brasília pode andar para trás."

O socialista voltou a citar dificuldades que enfrentou ao assumir o governo. "Pegamos Brasília quebrada, com enormes desafios e estamos vencendo." Ele também lembrou feitos do governo, como as obras de infraestrutura no Sol Nascente. 

Moradia


Pela manhã, Rollemberg se reuniu com eleitores do Recanto das Emas e disse que vai priorizar a questão da moradia, caso seja reeleito. "É o primeiro direito do cidadão e gera milhares de empregos", afirmou. O governador disse que objetivo é construir 50 mil moradias em várias regiões do DF, em uma eventual próxima gestão.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade