Publicidade

Correio Braziliense

TRE-DF lacra urnas eletrônicas que serão utilizadas no Distrito Federal

O procedimento acontecerá diariamente e tem previsão de ser encerrado na quarta-feira (3/9). Cerca de 1000 urnas receberão as informações dos candidatos e dos eleitores


postado em 24/09/2018 10:36 / atualizado em 24/09/2018 10:51

Até a publicação da reportagem, nenhum partido político enviou um representante ao local(foto: Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)
Até a publicação da reportagem, nenhum partido político enviou um representante ao local (foto: Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)

 
As urnas eletrônicas que serão usadas nas 19 zonas eleitorais do Distrito Federal começaram a ser lacradas na manhã desta segunda-feira (24/9) pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE). O procedimento acontece diariamente e tem previsão de ser encerrado na quarta-feira (3/9). Cerca de 1000 urnas receberão as informações dos candidatos e dos eleitores, além de seguirem todo o procedimento de segurança. A atividade foi vistoriada pelo Ministério Público (MP) e por juízes das respectivas zonas eleitorais. Até a publicação da reportagem, nenhum partido político enviou um representante ao local.

Cerca de 120 técnicos da empresa Inova ajudavam o TRE na instalação dos dados e dispositivos de segurança. A empresa foi contratada através de licitação e também fornecerá apoio às escolas e sessões eleitorais no dia da eleição.

Segundo o secretário de Tecnologia da Informação e Comunicação do TRE-DF, Ricardo Negrão, o procedimento iniciado serve para abastecer as urnas com dados dos eleitores e dos candidatos. Ele também afirma que a segurança dos dispositivos são vistoriadas por autoridades públicas e representativas da sociedade. “Essa lacração acontece com a presença do Juiz eleitoral, do MP e da OAB. Ao final de cada dia serão sorteadas urnas que passarão por uma auditoria para a comprovação de que o objeto foi abastecido e que está tudo pronto para a eleição”, explica.

Três zonas eleitoral — a 4, a 13 e a 17 — foram as primeiras a terem os dispositivos instalados. O número de aparelhos de votação varia com relação à quantidade de sessões de cada localidade, mas representantes do TRE explicam que há uma média de 300 a 400 urnas para cada região, o que totaliza aproximadamente 1000 equipamentos por dia. As máquinas possuem validade adequada de 10 anos. No entanto, as que serão utilizadas pelo Distrito Federal, são datadas de 2013 em diante. 

Os representantes dos cartórios, também presentes, confirmavam se os registros colocados pela empresa estavam corretos. 
 
Ver galeria . 4 Fotos Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press
(foto: Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press )

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade