Publicidade

Correio Braziliense

Menino autista é agredido por educadora em escola de Sobradinho

Profissional voluntária deu dois tapas em criança, alegando que foi acertada primeiro


postado em 26/09/2018 17:08 / atualizado em 26/09/2018 18:17

Criança autista é agredida por educadora, em escola de Sobradinho(foto: Fernando Lopes/CB/D.A Press. )
Criança autista é agredida por educadora, em escola de Sobradinho (foto: Fernando Lopes/CB/D.A Press. )

Uma criança de apenas 6 anos foi agredida por uma educadora voluntária, no Centro de Educação Infantil 2, de Sobradinho I. O fato ocorreu há uma semana, em 18 de setembro, enquanto os alunos participavam de uma atividade grupal. A escola relatou o fato em ata, que descreve que a educadora foi surpreendida por um tapa no rosto, vindo do garoto e que revidou com outros dois, um no rosto e um na mão da criança, que tem diagnóstico de autismo. 

O documento emitido pelo centro de ensino afirma que a professora titular da turma viu a cena e tentou impedir que a agressão acontecesse, mas não chegou a tempo. A titular acalmou a criança e encaminhou a voluntária à direção, onde a vice-diretora, Cristiane Calzá recebeu a denúncia e solicitou o afastamento da autora da violência.

Um dia após a agressão, a mãe da criança compareceu à 13ª Delegacia de Polícia, de Sobradinho, para prestar queixa contra a acusada. Ela foi informada pela professora que presenciou a agressão junto à coordenadora da escola e mais três membros do Conselho Tutelar. A Polícia Civil (PCDF) afirma que o caso ainda está sendo conduzido pela 13ª DP.

Repúdio 

A Secretaria de Educação se posicionou contrária à ação e em nota afirma que “repudia qualquer forma de violência. De imediato a educadora social voluntária foi desligada e a equipe gestora pedagógica do Centro de Educação Infantil 2 de Sobradinho deu todo o apoio para o estudante e a família dele. O caso está em investigação na esfera policial”. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade