Publicidade

Correio Braziliense

Bandidos fazem família refém e almoçam na casa das vítimas antes de fugir

O assalto aconteceu em Samambaia. Um dos suspeitos foi preso


postado em 28/09/2018 11:28 / atualizado em 28/09/2018 11:29

Caso é investigado na 27ª Delegacia de Polícia (Recanto das Emas), que ainda procura o segundo suspeito(foto: Reprodução/Internet)
Caso é investigado na 27ª Delegacia de Polícia (Recanto das Emas), que ainda procura o segundo suspeito (foto: Reprodução/Internet)
Uma família moradora de Samambaia foi feita refém em casa enquanto assaltantes, além de roubar seus pertences, almoçavam frango assado e bebiam cerveja. O crime aconteceu na última quinta-feira, por volta das 13h. Um dos bandidos acabou preso.

Inicialmente, a dupla de bandidos abordou os donos da casa. O casal descarregava as compras de supermercado do carro quando os suspeitos chegaram e o ameaçaram com um revólver calibre .38. As vítimas foram então trancadas dentro de um quarto.

Os assaltantes passaram a agir com frieza, sem pressa para fugir. Tanto que encontraram tempo para almoçar e beber cerveja. Nesse momento, um filho das vítimas chegou ao local com a namorada e ambos também foram rendidos.

"Eles comemoram o crime ainda dentro da casa. Consumiram cervejas, comeram um frango assado e levaram tudo que podiam. Só deixaram as roupas", contou o delegado da 27ª Delegacia de Polícia (Recanto das Emas), Renato Damasco.
 
A crime durou cerca de duas horas, e os bandidos saíram com tranquilidade da casa, no carro da família, um Volkswagen Crossfox. Porém, no mesmo dia, a polícia conseguiu encontrar o veículo e prender um dos suspeitos. O homem, de 26 anos, estava conduzindo o carro na Quadra 800 do Recanto das Emas. 

"Bandido perigoso"

Ele afirmou aos policiais militares que o abordaram que havia comprado o carro por R$ 1 mil e não esboçou reação. "A ocorrência chegou como receptação. Ele deu essa versão inicial, de que havia comprado o carro, mas na delegacia fizemos o levantamento e percebemos que ele era o provável autor do roubo. Então, conseguimos localizar as vítimas e elas o reconheceram como o homem que estava armado", disse o delegado.

O suspeito foi preso em flagrante pelos crimes de roubo majorado pelo concurso de pessoas, restrição de liberdade da vítima e emprego de arma de fogo. Segundo Renato Damasco, o autor já era conhecido da polícia. "Ele cumpriu pena por tentativa de latrocínio e foi preso também em flagrante no mês passado por receptação e porte ilegal de arma de fogo. É um cara muito frio, um bandido perigoso." O outro suspeito está foragido e a polícia continua a investigação.
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade