Publicidade

Correio Braziliense

Princípio de incêndio em barris de pólvora esvazia prédio na Asa Sul

Os barris de pólvora, com 5kg do produto, estavam guardados na casa de um dos moradores


postado em 28/09/2018 19:37 / atualizado em 28/09/2018 19:37

Na manhã desta sexta-feira (28/9), moradores de um prédio da 316 Sul precisaram deixar o local devido a uma ameaça de incêndio. Além do Corpo de Bombeiros, o esquadrão antibombas foi acionado por terem sido encontrados barris de pólvora no local. 

O fogo teria começado no apartamento de um homem de 86 anos, que guardava dois barris contendo cerca de 5kg de pólvora. Um deles estava em combustão.

O material teria começado a soltar fumaça, o que chamou a atenção dos moradores, que acionaram os bombeiros. Ao chegarem ao local, os militares perceberam que a fumaça vinha de embalagens de papel, guardadas em caixas, dentro de um armário de madeira, então o Batalhão de Operações Especiais (Bope) foi acionado e, com água, neutralizou o material. Além disso, medidas técnicas como isolamento do local e evacuação foram tomadas. 

No local, além dos barris de pólvora, foram encontradas algumas caixas de munição, diversos móveis e materiais plásticos inflamáveis. 

Segundo o responsável pelo apartamento, Pedro Cunha, o material pertence ao sogro, competidor do Clube de Tiro, e que possui todas as autorizações para posse e armazenagem do material bélico. 

A 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul) apura o caso. A equipe da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) permaneceu no local e ficou responsável por recolher todo o material necessário para fins avaliação técnica. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade