Publicidade

Correio Braziliense

Adolescentes brincam de gritar por socorro em cemitério e mobilizam a PMDF

Um policial chegou a se machucar na falsa comunicação de tentativa de estupro


postado em 02/10/2018 10:49 / atualizado em 02/10/2018 11:06

(foto: Dênio Simões/Esp. CB/D.A Press)
(foto: Dênio Simões/Esp. CB/D.A Press)

 
Gritos de socorro de duas adolescentes, de 13 e 14 anos, para fugir de uma suposta tentativa de estupro mobilizaram a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) para o Cemitério de Planaltina, na noite desta segunda-feira (1°/10). Mas, ao aproximar das supostas vítimas, elas informaram aos PMs que tudo não passou de uma brincadeira.

A corporação foi acionada, às 19h, por populares que ouviram os pedidos de ajuda no interior do local. Policiais que faziam ronda próximo à região solicitaram apoio de outras viaturas e pularam o muro do cemitério. Um dos agentes chegou a se machucar durante a ação.

Os policiais viram as duas adolescentes correndo e conseguiram abordá-las. Foi nesse momento que as jovens informaram que não havia nenhuma tentativa de abuso sexual no local. 

As duas foram encaminhas para a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA) e autuadas por ato infracional análogo a comunicação falsa de crime. As mães das adolescentes foram informadas e orientadas pelos policiais.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade