Publicidade

Correio Braziliense

PM prende advogada com 2 Kg de haxixe recebidos pelos Correios

Ela estava com um companheiro quando foi buscar a entrega. Funcionários desconfiaram do casal e chamaram a Polícia Militar


postado em 02/10/2018 16:46 / atualizado em 02/10/2018 17:09

A encomenda continha 2kg de haxixe(foto: Divulgação/PMDF)
A encomenda continha 2kg de haxixe (foto: Divulgação/PMDF)
 
Uma mulher foi presa após receber uma encomenda de 2 quilos de haxixe em uma unidade dos Correios localizada no Setor de Indústria e Abastecimento (SIA), por volta das 12h desta terça-feira (2/10). Ela estava acompanhada do companheiro para receber a entrega. 
 
De acordo com informações do Centro de Comunicação da Polícia Militar, quando o casal chegou aos Correios para pegar a encomenda a mulher passou mal. Ela teria desmaiado e se trancado no banheiro da agência. Os funcionários desconfiaram e acionaram a  PM. 
 
A mulher e o companheiro foram abordados na saída da agência, com a caixa na mão. Os policiais pediram para que a entrega passasse pelo raio X, sendo que o leitor indicou um produto ilícito. 
  
Uma equipe de cães farejadores da Polícia Federal foi acionada para averiguar a ecomenda. Mas antes da chegada deles, a mulher abriu a embalagem, mostrando a substância entorpecente. 
 
O casal foi encaminhado à Polícia Federal(foto: Divulgação/PMDF)
O casal foi encaminhado à Polícia Federal (foto: Divulgação/PMDF)
 
A equipe da PF chegou a revistar o casal e o carro deles, mas nada de ilítico foi encontrado. A mulher e o companheiro foram conduzidos para o Departamento de Polícia Federal por se tratar de tráfico interestadual. 

A mulher, identificada apenas como R.A.B.N, foi identificada como doutoranda em psicologia pela PUC-GO, mestre em ciências penais pela Universidade Federal de Goiás (UFG), pós-graduada em criminologia pela UFG, membro do Conselho Penitenciário do Estado do Goiás, membro do Conselho de Direitos Humanos de Goiás, professora e advogada. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade