Publicidade

Correio Braziliense

Morre aos 71 anos Mário Sérgio Sallorenzo, presidente da Corecon-DF

O economista estava internado no Hospital Brasília e enfrentava um câncer. Ele deixa a esposa, filhos e netos


postado em 02/10/2018 20:30 / atualizado em 02/10/2018 20:53

O economista Mário Sérgio Fernandez Sallorenzo morreu nesta terça, em decorrência de um câncer(foto: Arquivo Pessoal)
O economista Mário Sérgio Fernandez Sallorenzo morreu nesta terça, em decorrência de um câncer (foto: Arquivo Pessoal)

O presidente do Conselho Regional de Economia do DF (Corecon-DF), o economista Mário Sérgio Fernandez Sallorenzo, morreu na tarde desta terça-feira (2/10), em decorrência insuficiência cardíaca e respiratória. Ele estava internado no Hospital de Brasília e enfrentava um câncer. Aos 71 anos, Mário Sérgio deixa a esposa, três filhos e cinco netos. O velório começa às 13h30, na quarta-feira (3/10), na Capela 1 do Cemitério Campo da Esperança. O sepultamento está marcado para as 16h. 

Nas gestões de 2010 a 2011, Mário Sérgio foi vice-presidente do Conselho Federal de Economia (Cofecon), ao lado de Waldir Pereira Gomes, o então presidente.  "Ele tinha muita experiência, me ajudou muito nas decisões que precisei tomar como presidente, nas orientações e implementação de nova forma de gestão do Cofecon. Foi um homem muito respeitado no Sistema", lamentou Waldir.

Para o atual presidente do Cofecon, Wellington Leonardo da Silva, o papel de Mário no conselho foi importante tanto para os profissionais economistas e quanto para as entidades. "Ele participou ativamente do processo de fortalecimento do Conselho Federal de Economia, com suas convicções do ponto de vista social sempre de caráter progressista. Além da atuação profissional, por considerá-lo meu amigo pessoal, trata-se de uma perda irreparável".

Mário Sérgio graduou-se em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1969) e em Administração pela Universidade de Brasília (1974). Obteve o Mestrado em Ciências Econômicas pela Fundação Getúlio Vargas/RJ (1976) e o doutorado em Ciências Sociais pela Universidade de Brasília (2007), onde também foi pesquisador do Grupo de Estudos sobre Sociologia Econômica. Desenvolveu sua carreira na na Secretaria da Receita Federal, no Cade, na Secretaria de Política Econômica do Ministério da Fazenda e no Ministério dos Transportes.

No Sistema Cofecon/Corecons, presidiu o Corecon-DF em 1993, 2001/2002 e 2007/2008, voltando ao cargo em 2018. Foi vice-presidente do Cofecon em 2010 e 2011. Mário Sérgio foi homenageado em vida pelo Corecon-DF, que deu o nome dele ao auditório de propriedade do Regional. 

Um dos últimos eventos que participou foi o seminário com assessores econômicos dos presidenciáveis, organizado pelo Corecon-DF em parceria com o Cofecon e realizado no dia 25 de julho, na Universidade de Brasília (UnB). Na ocasião, afirmou que a esperança de construir um mundo melhor está nas mãos dos jovens. "Seria muito interessante que uma dia nós deixássemos de votar em pessoas para votarmos em ideias, na certeza de que essas ideias serão efetivamente defendidas por pessoas corretas, adequadas em todo o sentido". 
 
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade