Publicidade

Correio Braziliense

Mais de 500 pessoas vão à missa de sétimo dia da morte de Roriz

Celebração na Catedral contou com a presença de amigos, familiares e aliados políticos


postado em 03/10/2018 20:56 / atualizado em 03/10/2018 21:13

A catedral recebeu decoração especial para a missa de sétimo dia de Joaquim Roriz(foto: Minervino Junior/CB/D.A Press)
A catedral recebeu decoração especial para a missa de sétimo dia de Joaquim Roriz (foto: Minervino Junior/CB/D.A Press)
Na noite desta quarta-feira (3/10), em uma catedral praticamente lotada, amigos, familiares e apoiadores políticos celebraram a missa de sétimo dia da morte do ex-governador Joaquim Roriz, morto na última quinta-feira (27/9), vítima de um choque séptico decorrente de um problema pulmonar. A cerimônia foi presidida pelo Bispo Auxiliar da Arquidiocese de Brasília, Dom Marcone Ferreira.

Jaqueline Roriz, filha do político, foi a primeira familiar a chegar na catedral. Ela destacou a importância do apoio que os parentes de Roriz receberam na última semana. "A casa está sempre cheia e o telefone não para de tocar. É um momento difícil, principalmente para a minha mãe. Foram 58 anos de casados, um casamento de verdade", disse a ex-deputada federal, responsável por uma das leituras na igreja.

Weslian Roriz, viúva do ex-governador, não quis dar entrevistas. Ela foi casada com o político por 58 anos. Quando chegou a catedral, ela foi abraçada e consolada por vários amigos e populares.

A catedral recebeu decoração especial para a missa de sétimo dia de Joaquim Roriz. Logo na entrada, havia uma foto do ex-governador cumprimentando o Papa João Paulo II. Os folhetos da celebração tinham uma foto de Roriz.
 

Confira fotos exclusivas da cerimônia

Ver galeria . 4 Fotos A esposa, Weslian Roriz, acompanha a cerimônia ao lado de amigos e parentesMinervino Junior/CB/D.A Press
A esposa, Weslian Roriz, acompanha a cerimônia ao lado de amigos e parentes (foto: Minervino Junior/CB/D.A Press )
 


O escriturário Renato Messias, de 27 anos e morador da Cidade Ocidental, foi prestar sua última homenagem a Roriz. "Foi o meu maior ídolo na política. Ninguém herdará a vocação que ele tinha", disse o apoiador, que carregava adesivos e materiais de campanha do ex-governador em uma bíblia.

Algumas figuras da política local também compareceram ao último momento de despedida de Roriz, como José Roberto Arruda, ex-governador, Izalci Lucas, deputado federal e candidato ao Senado e Juarezão, Deputado Distrital. A esposa de Rodrigo Rollemberg, Márcia Rollemberg, representou o atual governador do DF.

Após o último debate entre os concorrentes ao Buriti, realizado no Correio Braziliense e na TV Brasília, Eliana Pedrosa (Pros) também foi à celebração. A família Roriz já declarou o apoio a candidata nestas eleições. Segundo a organização, mais de 500 pessoas foram à catedral para o último rito público em homenagem ao ex-governador. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade