Publicidade

Correio Braziliense

Secretaria de Saúde confirma caso de sarampo no Distrito Federal

Trata-se do primeiro caso confirmado em Brasília desde 2013. O paciente é um adolescente de 16 anos que viajou a Manaus em julho. Ele foi tratado e não corre risco


postado em 04/10/2018 10:37

Vacinação contra sarampo: estados do Norte são os que mais registram casos da doença(foto: Antonio Cunha/CB/D.A Press)
Vacinação contra sarampo: estados do Norte são os que mais registram casos da doença (foto: Antonio Cunha/CB/D.A Press)
 
A Secretaria de Saúde do Distrito Federal confirmou, nesta quinta-feira (4/10), o primeiro caso de sarampo em Brasília desde 2013.
 
O paciente infectado é um adolescente de 16 anos, que passou as férias de julho em Manaus com a família. De acordo com a subsecretária da Vigilância em Saúde, Maria Beatriz Ruy, assim que ficou doente, o menino procurou uma unidade de saúde na capital amazonense, foi medicado e, depois, dispensado.

Quando retornou a Brasília, ainda com os sintomas, o adolescente voltou a procurar atendimento médico, e houve notificação de suspeita de sarampo. A confirmação de que o adolescente realmente estava com a doença foi feita na terça-feira (2/10), pelo laboratório da FioCruz do Rio de Janeiro.

"A família do adolescente também passou atendimento, mas sem suspeitas da doença. Apenas a mãe dele foi vacinada, porque tinha recebido, até então, uma dose da vacina", diz a subsecretária.

Maria Beatriz explica ainda que pessoas de 12 meses a 29 anos têm que ter duas doses da vacina. Pessoas de 30 a 49 precisam de uma dose. Já a partir dos 50 anos, provavelmente, a pessoa já tenha tido a doença ou até mesmo contato com ela. Logo, não há riscos.

 
Situação no país

O sarampo é uma doença altamente contagiosa e transmissível. Se não tratada logo, pode matar ou deixar graves sequelas, como surdez e deficit neurológico severo.
 
Até o último dia 1º, 1.935 casos de sarampo foram confirmados no Brasil, sendo 1.525 no Amazonas e 330 em Roraima. O Amazonas contabiliza ainda 7.873 casos em investigação e Roraima, 101. Casos isolados foram registrados em São Paulo (3), no Rio de Janeiro (18), Rio Grande do Sul (33), em Rondônia (3), Pernambuco (4), Pará (14), Distrito Federal (1) e Sergipe (4).

Balanço divulgado na quarta-feira (3/10) pelo Ministério da Saúde aponta que, na campanha de imunização deste ano, 97,7% das crianças com idade entre 1 ano e menores de 5 anos foram vacinadas contra o sarampo, enquanto 97,9% receberam a dose contra a poliomielite. Até o momento, 15 estados atingiram a meta de 95% de cobertura para as duas vacinas.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade