Publicidade

Correio Braziliense

"Ceilândia melhor nos nossos próximos 4 anos de governo", diz Rollemberg

A dois dias das eleições, atual governador volta à cidade mais populosa do DF e garante melhorias para saúde e transporte caso seja reeleito


postado em 05/10/2018 12:34 / atualizado em 05/10/2018 17:42

Rollemberg caminhou pelo centro de Ceilândia e conversou com comerciantes e moradores da região(foto: Augusto Fernandes/CB Press)
Rollemberg caminhou pelo centro de Ceilândia e conversou com comerciantes e moradores da região (foto: Augusto Fernandes/CB Press)
Em busca da reeleição para a chefia do Executivo local, Rodrigo Rollemberg (PSB) fez caminhada pelo centro da Ceilândia na manhã desta sexta-feira (5/10), e garantiu melhorias para a cidade em um eventual segundo mandato no Governo do Distrito Federal. Segundo o candidato, será construído um novo hospital para atender a população local e a das regiões administrativas mais próximas.

"Ceilândia terá atenção especial no nosso segundo governo, e será muito melhor nos próximos 4 anos. Temos o compromisso de construir um novo hospital, pois o atual está muito estressado. Tem uma demanda enorme de toda a região metropolitana ao redor da cidade, portanto, já está mais do que na hora de fazermos mais um hospital. Além disso,  ampliaremos em 100% a cobertura do programa Saúde da Família", afirmou.

Rollemberg também comentou sobre as obras de mobilidade urbana para a região mais populosa do DF, como a ampliação do metrô para o Setor O e a construção de estações do BRT. "Queremos levar conforto e comodidade para os cidadãos, especialmente com o metrô, que é o transporte mais seguro e moderno que existe. Já estamos ampliando as estações em Samambaia, e no segundo semestre de 2019, começaremos as obras em Ceilândia", garantiu.

Durante a caminhada, Rollemberg esteve acompanhado de correligionários e do candidato a vice-governador, Eduardo Brandão. Conversou com comerciantes na Feira Central da cidade e distribuiu cartões para os pedestres. Em tom amigável, esbanjou confiança para o próximo domingo (7/10), data do primeiro turno das eleições. "Tenho a convicção de que estamos empatados e confio no nosso sprint para a reta final. E lembre-se, 40 é maior que 15", disse a uma feirante, referindo-se, respectivamente, ao seu número e ao do candidato do MDB, Ibaneis Rocha, que atualmente lidera as pesquisas de intenção de voto.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade