Publicidade

Correio Braziliense

Homem que estuprou e roubou três mulheres tem prisão preventiva decretada

Francisco Maílson Machado Pereira, 28 anos, entrou no bar onde estavam as vítimas e as rendeu. Ele foi preso em flagrante


postado em 05/10/2018 21:50

(foto: Fernando Lopes/CB/D.A Press)
(foto: Fernando Lopes/CB/D.A Press)

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) decretou, nesta sexta-feira (5/10), a prisão preventiva do homem que estuprou e roubou três mulheres, ameaçando-as com um facão.  O crime aconteceu na noite de quarta-feira (3/10), quando Francisco Maílson Machado Pereira, 28 anos, entrou em um bar na Estrada Parque Indústria e Abastecimento (Epia) Norte onde estavam as vítimas, fechou a porta do local e as rendeu. 

De acordo com o registro policial, duas das vítimas eram proprietárias do estabelecimento onde aconteceu os estupros. O homem entrou no local, anunciando um assalto, e recolheu os pertences das vítimas. Depois disso, as forçou a manter  relação sexual sob ameaça de morte. O autor foi contido por populares. 

A juíza responsável pela decisão considerou que a concessão de liberdade provisória ou a aplicação de medidas cautelares não eram recomendáveis. A justificativa foi a que havia presente "os pressupostos - certeza da materialidade e indícios de autoria - e fundamentos para decretação da prisão preventiva do indiciado". 

Já foi instaurado o processo criminal, que foi distribuído para a 6ª Vara Criminal de Brasília. Agora, os fatos serão apurados e o processo terá seu trâmite até o julgamento do mérito.  

O crime


Após fazer as mulheres de reféns, Francisco chegou a consumar o ato sexual com um delas. A outra foi obrigada a beijá-lo e tocá-lo. Foi quando ele começou a abusar da terceira vítima que deixou o facão cair. Neste momento, as mulheres se uniram e conseguiram render o agressor e pedir ajuda. 

O homem começou a ser linchado por populares, mas uma equipe do Departamento de Estradas de Rodagem (DER-DF), que passava pelo local, conseguiu conter a ação. Quando a Polícia Militar chegou, o homem estava inconsciente e precisou ser socorrido. As vítimas também receberam atendimento médico. 

Após se recuperar, Francisco foi levado à 5ª Delegacia de Polícia (Asa Norte), onde ficou preso pelo crime de estupro. Os policiais verificaram que ele é foragido no Ceará. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade