Publicidade

Correio Braziliense

Eleitores de Bolsonaro se reúnem na Esplanada dos Ministérios

Cerca de 500 pessoas passaram pelo local e acompanharam a apuração das eleições


postado em 07/10/2018 20:20

(foto: Minervino Júnior/CB/D.A Press)
(foto: Minervino Júnior/CB/D.A Press)
 

Para acompanhar a apuração dos votos das eleições de 2018, mais de 100 eleitores do candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL) se reúnem na Esplanada dos Ministérios. Eles estão em frente ao Congresso Nacional e usam um trio elétrico para acompanhar a contagem dos votos, além de um telão.

A maioria dos participantes do ato está com camisetas da seleção brasileira ou do candidato. Bandeiras do Brasil e faixas pedindo o "fim do comunismo" fazem parte do cenário. Ambulantes também aproveitaram para se instalar no local. Venda de alimentos e bebida alcoólica ocorre no lugar. Equipes da Polícia Militar também acompanham a reunião dos eleitores.

 

(foto: Bárbara Cabral/Esp.CB/D.A Press)
(foto: Bárbara Cabral/Esp.CB/D.A Press)
 

 

A esteticista Geralda Rodrigues, 52, chegou na Esplanada por volta das 18h. Ela está confiante de que o candidato será eleito no primeiro turno. "Estou com pensamentos positivos e espero que dê tudo certo", ressalta. A expectativa dela é que, caso o Bolsonaro seja eleito, a educação e a saúde sejam melhoradas no Brasil.

Segundo o organizador do movimento, Filipe Porto, no ápice do ato, passaram cerca de 500 pessoas. De acordo com ele, a ideia era ter feito uma carreata hoje no fim da apuração. "Como quantidade de pessoas não foi muito grande, decidimos não sair em movimento. No entanto, iremos promover outras carretas até o segundo turno". Para ele, Bolsonaro deve contar com votos dos eleitores do Alckmin (PSDB), do Amoedo (NOVO), do Daciolo (Patriota) e do Álvaro Dias (Podemos) para poder ser eleito no segundo turno. "Vamos fazer uma união dos movimentos para poder garantir a vitória".

 

Coloborou, Geison Guedes - Especial para o Correio

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade