Publicidade

Correio Braziliense

Pela 1ª vez, mulheres usarão tornozeleiras no Saidão, que começa amanhã

No total, 1.097 presos serão beneficiados. Do total, 74 são do sexo feminino. A novidade é o monitoramento das internas por tornozeleira eletrônica


postado em 10/10/2018 19:46 / atualizado em 10/10/2018 20:01

Este é o sétimo saidão do ano(foto: Breno Fortes/CB/D.A Press)
Este é o sétimo saidão do ano (foto: Breno Fortes/CB/D.A Press)
O saidão dos presos para o feriado de 12 de outubro começa às 10h desta quinta-feira (11/10). Serão beneficiados 1.097 internos do sistema carcerário, que devem retornar ao presídio no mesmo horário na segunda-feira (15/10). Quem não se reapresentar será considerado foragido. Do total, 74 são mulheres. Elas vão usar tornozeleira eletrônica pela primeira vez. A expectativa é de que a medida também seja estendida aos homens.

A determinação da Vara de Execuções Penais (VEP) é de que as beneficiadas monitoradas com o equipamento eletrônico não podem deixar de carregar o aparelho nem violá-lo. Em caso de descumprimento, a presa pode perder o benefício da saída temporária e até regredir para o regime fechado.

Por lei, cada apenado pode deixar a cadeia, sem custódia, para reencontrar parentes, por 35 dias no ano. O saidão é exclusivo para presos do regime semi-aberto, que não tenham cometido infração disciplinar de natureza média ou grave durante seis meses. Esta é a sétima saída do ano. As próximas serão a do Natal e do ano-novo.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade