Publicidade

Correio Braziliense

Cobra foge de apartamento em Águas Claras e deixa moradores preocupados

O animal foi visto pela última vez em um apartamento no 23º andar. O Batalhão Ambiental faz buscas pelo réptil


postado em 11/10/2018 22:49 / atualizado em 11/10/2018 23:10

(foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
(foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)

Uma jiboia arco-íris, de 1,3 metros, desapareceu de um apartamento do 28º andar, em um prédio em Águas Claras e foi vista dez dias mais tarde, na casa de uma das vizinhas, moradora do 23º andar. Momentos depois, sumiu novamente. O Batalhão Ambiental da Polícia Militar do Distrito Federal faz buscas no local. 

De acordo com o major Souza Junior, responsável pela operação, equipes do batalhão estão no prédio 24 horas na tentativa de capturar o animal. Uma armadilha foi montada no último lugar onde a cobra foi vista e todas as outras aberturas do prédio foram tapadas. "Colocamos uma isca nesse único local aberto e vamos esperar que ela saia para tentar se alimentar", contou o major. 

A cobra fujona virou notícia no condomínio. Muitos moradores estão assustados com o fato e outros preferem fazer do inusitado, piada. O fato é que, segundo o BPMA, a jiboia não é venenosa e não ataca. "A orientação é de forma alguma tentar capturar, encurralar e muito menos matar, até porque isso configura crime de natureza ambiental", ressalta o major Souza Junior. 

 
Enquanto o réptil não for encontrado, as equipes vão continuar as buscas com o objetivo de preservar a tranquilidade dos moradores e resgatar o animal com vida. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade