Publicidade

Correio Braziliense

Polícia Rodoviária apreende armamento ilegal com caçadores clandestinos

Agentes abordaram condutor e motorista na BR-040, em Luziânia (GO). Nenhum deles tinha registro do armamento, autorização para porte ou identificação de caçador


postado em 12/10/2018 21:49 / atualizado em 12/10/2018 21:49

Além das duas espingardas sem registro, agentes encontraram 37 balas em uma mochila(foto: PRF/Divulgação)
Além das duas espingardas sem registro, agentes encontraram 37 balas em uma mochila (foto: PRF/Divulgação)


Dois homens de 44 anos foram presos na madrugada desta sexta-feira (12/10) pelo crime de porte ilegal de arma de fogo. A dupla de irmãos foi abordada durante fiscalização da Polícia Rodoviária Federal (PRF) na BR-040, em Luziânia (GO). No banco traseiro do veículo, um Renault Logan que seguia no sentido Luziânia–Cristalina, os agentes encontraram duas espingardas, uma de calibre 20 e outra de calibre 28, além de 37 balas em uma mochila.

A apreensão das armas e as duas prisões ocorreram no âmbito da Operação Nossa Senhora, promovida anualmente pela PRF. À polícia, os ocupantes do veículo disseram ser donos das armas e afirmaram que as duas eram usadas para a caça de javalis. Os dois negaram ter documentação para porte do armamento, de uso permitido, registro regular das armas ou identificação de caçador. A ocorrência foi encaminhada à 1ª Delegacia de Polícia de Luziânia. 

De acordo com o delegado plantonista da Central de Flagrantes do município, Cassius Zamó, as armas eram de fabricação caseira ou artesanal. "Tudo indicava que não eram de produção industrial. Nem o condutor nem o passageiro tinham antecedentes criminais. Além disso, não houve agravantes. Os dois pagaram fiança no valor de um salário-mínimo e foram liberados", afirmou Cassius.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade