Publicidade

Correio Braziliense

Professor que vai expor no Louvre ainda precisa de dinheiro para viagem

Octávio Rold foi selecionado para expor quatro obras no Salão Profissional de Arte Contemporânea do Carrousel du Louvre. Além de artista, Rold é professor da rede pública


postado em 13/10/2018 07:30 / atualizado em 12/10/2018 23:04

(foto: Arthur Menescal/Esp. CB/D.A Press)
(foto: Arthur Menescal/Esp. CB/D.A Press)

A três dias antes de embarcar para a grande missão de representar Brasília, expondo obras no Louvre, em Paris, o professor e artista Octávio Rold, 28 anos, ainda enfrenta um desafio: arrecadar dinheiro para pagar a viagem. Em setembro, ele criou uma vaquinha para conseguir R$ 12 mil para arcar com as despesas da passagem, hospedagem e alimentação. Porém, o artista vê os planos ameaçados, já que ainda não conseguiu atingir o objetivo. 

"Faltam três dias para a vaquinha encerrar e apesar de termos conseguido 60% do valor total, se não atingirmos o objetivo até terça-feira (16/10), todo o dinheiro arrecadado vai ser devolvido para as pessoas que contribuíram", contou Rold sobre as regras da campanha de arrecadação. 

Caso ele não consiga o montante, terá que abdicar do sonho de expor as próprias obras no Salão Profissional de Arte Contemporânea do Carrousel du Louvre. "Estou me sentindo muito frustrado por ter chegado tão longe, mas percebo que sozinho não sou capaz de realizar esse sonho. Estamos tão perto de alcançar a meta e ao mesmo tempo tudo pode ir por água abaixo. É muito triste ser artista em um país onde a arte não é valorizada e perceber que mesmo tendo conseguido um feito como esses não consigo patrocínio", desabafou. 

Para os que contribuírem, Rold promete mimos como agradecimento nas redes sociais, imã de geladeira, catálogo das obras, camisa personalizada e até mesmo obras originais. Quem quiser ajudar, basta acessar o site benfeitoria.com/octaviorold e fazer uma doação. Os valores vão de R$ 10 até R$ 8 mil. 

Mais sobre Rold

(foto: Arthur Menescal/Esp. CB/D.A Press)
(foto: Arthur Menescal/Esp. CB/D.A Press)

Formado em artes plásticas pela Universidade de Brasília (UnB) e em história da arte pela Universidade de Florença, Rold é professor da rede pública e dá aula no Centro de Ensino Fundamental 1 do Paranoá, para crianças de 1 a 16 anos. 

Como artista, Rold trabalha com duas técnicas: aquarela e nanquim sobre papel e tinta acrílica sobre tela. Ele é autor de uma das obras do acervo permanente da Embaixada do Brasil em Roma. Agora vai expor expor quatro obras no Salão Profissional de Arte Contemporânea do Carrousel du Louvre. 

Exposição


Quem quiser conhecer os trabalhos de Rold pode fazer uma visita à exposição "Rumo ao Carrousel du Louvre", que ocorre até o dia 5 de novembro, de 9h as 19h, na Galeria da Moldura Minuto, que fica na QI 13 do Lago Sul. A entrada é de graça. 
(foto: Arthur Menescal/Esp. CB/D.A Press)
(foto: Arthur Menescal/Esp. CB/D.A Press)
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade