Publicidade

Correio Braziliense

Balão na Esplanada chama a atenção para educação fiscal e premiação

Ação é promovida por conta do Prêmio Nacional de Educação Fiscal, que visa estimular trabalhos que melhorem a gestão do dinheiro publico


postado em 07/11/2018 12:53 / atualizado em 07/11/2018 17:30

Um total de 220 projetos concorreram ao prêmio. Deste total, 24 instituições, 32 escolas e 22 reportagens foram selecionados(foto: Luis Nova/Divulgação)
Um total de 220 projetos concorreram ao prêmio. Deste total, 24 instituições, 32 escolas e 22 reportagens foram selecionados (foto: Luis Nova/Divulgação)
 

Uma comissão de julgamento definirá 14 finalistas ao Prêmio Nacional de Educação Fiscal às 15h desta quarta-feira (7/11). O concurso, criado em 2012, está na 7ª edição, e visa dar reconhecimento a trabalhos que estimulem a aplicação correta dos recursos públicos e conscientizar a população sobre a importância de estar em dia com os tributos.

Um total de 220 projetos concorreram ao prêmio. Deste total, 24 instituições, 32 escolas e 22 reportagens foram selecionados. Sete trabalhos sairão vencedores: três na Categoria Escolas, dois na Categoria Instituições e dois na Categoria Profissionais de Imprensa. São R$ 43 mil reais em premiação.

O resultado final será divulgado em 28 de novembro, no Oscar da Cidadania Fiscal, na Embaixada da Espanha.. Para chamar a atenção para o evento, um balão de vinte e dois metros de altura cobre o céu da Esplanada dos Ministérios.

O Prêmio Nacional de Educação Fiscal  é iniciativa da Associações de Fiscais de Tributos Estaduais (Febrafite), em parceria com a Escola de Administração Fazendária (Esaf) e com o Programa Nacional de Educação Fiscal (Pnef).

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade