Publicidade

Correio Braziliense

Ao menos cinco brigas em família terminaram na delegacia

Três homens foram presos e um menor apreendido. Mãe, irmã, namorada e padrasto foram as vítimas. Em outro caso, mãe e filha foram presas depois de agredirem uma a outra


postado em 09/11/2018 08:01 / atualizado em 09/11/2018 10:11

Ao menos três ocorrências de brigas em família terminaram na delegacia(foto: Reprodução/Internet)
Ao menos três ocorrências de brigas em família terminaram na delegacia (foto: Reprodução/Internet)
A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) prendeu dois homens na madrugada desta sexta-feira (9/11) por agredirem mulheres da própria família. Por volta de 1h10, no Paranoá, um homem de 22 anos invadiu a casa da irmã, depois a agrediu e ameaçou. Ele foi preso em flagrante e levado para a 6ª Delegacia de Polícia (DP), no Paranoá, onde foi autuado por lesão corporal, ameaça e violação de domicílio.
 
Já em Planaltina, às 4h30, a PM foi chamada depois que um homem de 27 anos entrou na casa da família, ofendeu e agrediu a mãe com socos, tudo na frente de um sobrinho de 3 anos de idade. A mãe e a irmã do agressor tinham uma medida protetiva contra ele. Ele foi preso e levado para a 31ª DP, em Planaltina, onde foi autuado na Lei Maria da Penha.
 
Mais cedo, por volta de 22h de quinta-feira (8/11), a polícia prendeu ainda um homem que tentou enforcar a namorada no Núcleo Bandeirante. Quando a PM chegou ao local, encontrou a mulher, de 45 anos, sentada e chorando no meio-fio. Ela confirmou a história e o agressor foi preso e levado à Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM), na Asa Sul. 

Ameaçou o padrasto

Em outra situação, na noite de ontem (8/11), por volta de 23h45, um adolescente de 13 anos foi apreendido em flagrante pela Polícia Militar depois de ameaçar matar o padrasto com uma faca. Foi a mãe do jovem que chamou os policiais. Ao delegado, ela disse que não receberia o filho depois que a ocorrência fosse registrada e portanto, ele foi colocado à disposição da Vara da Infância e da Juventude.
 
Briga entre mãe e filha 
 
Já no Recanto das Emas, mãe e filha pararam na delegacia após uma briga. A mulher, de 54 anos, foi presa por volta das 19h após ter sido flagrada quebrando dois telefones públicos. Ao ser questionada, ela disse aos policiais que estava quebrando o orelhão por não conseguir ligar para denunciar a filha de 22 anos, que segundo ela, a havia agredido. Enquanto a PM interrogava a mãe, a moça chegou no local e as duas começaram a brigar novamente. Elas foram levadas para a 27ª DP, onde a mãe foi autuada por dano ao patrimônio e a filha por ameaça.
 
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade