Publicidade

Correio Braziliense

Procon dará palestras sobre organização financeira para evitar consumismo

Com capacidade para 20 pessoas, os encontros ocorrem todas as sextas-feiras, até 21 de dezembro


postado em 13/11/2018 21:06 / atualizado em 13/11/2018 21:07

Palestras gratuitas sobre finanças pessoais ocorrem até 21 de dezembro, na sede do Procon(foto: Procon/divulgação)
Palestras gratuitas sobre finanças pessoais ocorrem até 21 de dezembro, na sede do Procon (foto: Procon/divulgação)
Em todas as sextas-feiras, entre 9 de novembro e 21 de dezembro, o Instituto de Defesa do Consumidor (Procon - DF) abrirá as portas à população para ministrar palestras gratuitas. O tema dos encontros semanais é finanças pessoais e consumo consciente. 
 
O professor universitário e coach financeiro Wagner Araújo será o responsável que ministrará as aulas. Ele é formado em Contabilidade e tem experiência na área há 10 anos. "Eu já dava a palestra para servidores públicos e eu fiz uma proposta para o Procon com o objetivo levar esse conteúdo para a população. Foi aí que o órgão comprou a ideia", disse.  
 
Quem participar da palestra aprenderá a não cair nas armadilhas do consumismo, principalmente, com a proximidade das festas de fim de ano. "A população é mais bombardeada com ideias de consumismo no fim de ano. A nossa ideia é ensinar a sociedade a ter um consumo consciente e racional', explicou Wagner Araújo. O especialista completou que "quando a pessoa tem a vida financeira equilibrada, ela aumenta a qualidade de vida." 
 
Com duração de três horas, as palestras ocorrem na sede do Procon, no Edifício Venâncio 2000, no Setor Comercial Sul, das 9h às 12h. A capacidade de público limita-se a 20 pessoas por sessão. Ou seja, os interessados devem fazer inscrição pelo número (61) 99234-1888, via Whatsapp. Nas palestras, serão disponibilizadas duas ferramentas de coach para fugir do consumismo.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade