Publicidade

Correio Braziliense

Pontos turísticos de Brasília ganham iluminação especial no Natal

São oito pontos turísticos emblemáticos e históricos que vão ganhar iluminação cenográfica. O show de luzes começará em 14 de dezembro e se estende até o dia 25


postado em 29/11/2018 17:57 / atualizado em 29/11/2018 18:02

Em 2017, ocorreu a primeira edição do projeto. Para este ano, serão investidos mais de R$2 milhões(foto: Lula Lopes/Setul-DF)
Em 2017, ocorreu a primeira edição do projeto. Para este ano, serão investidos mais de R$2 milhões (foto: Lula Lopes/Setul-DF)

A capital federal vai ter mais um Natal iluminado neste ano. No projeto Natal Cidade Design, oito pontos turísticos emblemáticos e históricos vão ganhar iluminação cenográfica. O show de luzes começará em 14 de dezembro e se estende até o dia 25. A iluminação funcionará das 18h30 às 5h. Nos prédios com projeção mapeada (Biblioteca Nacional e Teatro Nacional), a cada 30 minutos, a partir das 19h, um show de luzes e música ocorre por 10 minutos.

O projeto valoriza e reforça a iconografia de Brasília, em sintonia com os títulos de Patrimônio Cultural da Humanidade e de Cidade Criativa, pela Unesco. “Brasília vai ter, pelo segundo ano consecutivo, uma iluminação de Natal moderna e inovadora com os elementos produzidos por Athos Bulcão, que fazem parte do DNA da nossa cidade. O Natal Cidade Design propõe um novo conceito, que combina o sentimento festivo de fim de ano com a iconografia da capital”, destaca o secretário de Esporte, Turismo e Lazer, Jaime Recena.

O espetáculo de luzes, que destaca o acervo arquitetônico, paisagístico e a atmosfera natalina da cidade, é concebido por meio de iluminação contínua em LED, videomapping e projeção 3D. O projeto é realizado, por meio de Termo de Fomento entre a Secretaria de Esporte, Turismo e Lazer e o Instituto Terceiro Setor, com o valor de R$ 2.212.492,95. Serão iluminados a Esplanada dos Ministérios, Congresso Nacional, Itamaraty, Catedral, Museu Nacional, Biblioteca Nacional, Teatro Nacional e Torre de TV.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade