Publicidade

Correio Braziliense

Governo de transição quer criar ambiente de competitividade para comércio

O futuro secretário de Fazenda, André Clemente, se reuniu nesta sexta-feira com representantes do Sindicato do Comércio Atacadista do DF


postado em 30/11/2018 12:39 / atualizado em 30/11/2018 12:46

Equipe de transição se reuniu com representantes do Sindiatacista(foto: Renato Alves/Equipe de Transição )
Equipe de transição se reuniu com representantes do Sindiatacista (foto: Renato Alves/Equipe de Transição )
 
 
A equipe de transição do governador eleito Ibaneis Rocha (MDB) se reuniu, na manhã desta sexta-feira (30/11), com representantes do Sindicato do Comércio Atacadista do DF (Sindiatacadista). Na pauta, redução de encargos e mais apoio para o setor com a intenção de criar um ambiente mais competitivo para o comércio no DF. O futuro secretário de Fazenda, André Clemente, comandou a reunião. O senador eleito Izalci Lucas (PSDB) e o vice-governador eleito Paco Britto (Avante) também participaram do encontro. 

"Os segmentos demandam competitividade e isso a gente só consegue oferecendo segurança jurídica, carga tributária justa, infraestrutura e capacitando mão de obra. O estado precisa estar presente criando esse ambiente para que eles possam se desenvolver", explicou André Clemente, depois de ouvir as demandas do setor. 

Segundo Clemente, na reunião foi firmado o compromisso de criar condições para a melhoria do segmento no DF. "Faremos a revisão de toda a carga tributária, das alíquotas, de todos os processos para reduzir burocracia. Vamos mapear áreas de desenvolvimento para oferecer infraestrutura. Vamos criar um ambiente competitivo para que quem está aqui possa crescer e também que novos investimentos sejam encorajados a vir para cá", adiantou. 

O senador eleito Izalci Lucas comentou a perda de empresas e de negócios para outros estados em decorrência de carga tributária e incentivos fiscais mais atrativos. Clemente acredita que é possível recuperar investimentos perdidos e atrair novos companhias para o DF. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade