Publicidade

Correio Braziliense

Em menos de 24 horas, PM atendeu 7 ocorrências de Lei Maria da Penha

Na Asa Norte, o marido espancou a mulher na frente dos filhos de 10 anos e um bebê de 3 meses


postado em 03/12/2018 11:25 / atualizado em 03/12/2018 11:25

(foto: Maurenilson Freire/CB/D.A Press; )
(foto: Maurenilson Freire/CB/D.A Press; )

Em apenas 17h, sete homens agrediram mulheres no Distrito Federal. A Polícia Militar atendeu pedidos de socorro de vítimas de Ceilândia à Asa Norte. Em todos eles, as mulheres tinham medida protetiva contra os acusados.

Nesse período, o primeiro chamado aconteceu às 10h, no Riacho Fundo I, no domingo (02/12). De acordo com a PM, um homem de 35 anos discutiu com sua atual esposa, de 41, e a agrediu fisicamente. O casal está em processo de separação. A briga foi iniciada após ele ter sido flagrado com uma outra mulher, mesmo tentando reatar o relacionamento com a esposa. A ocorrência foi registrada na 27ª Delegacia de Polícia (Recanto das Emas).

Já à noite, um homem de 40 anos foi preso no Itapoã após invadir a casa da ex-companheira, quebrar móveis, ameaçar de morte e agredir a dela, de 16 anos. A polícia deteve o acusado e o autuou em flagrante na 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá). O caso foi semelhante ao que ocorreu em Ceilândia, onde um suspeito de 34 anos foi preso depois de também invadir a residência da vítima, destruir o interior da casa e gritar ameaças. Ele foi levado para a 23ª Delegacia de Polícia (Ceilândia) e detido.

Às 23h, no Recanto das Emas, outro homem agrediu mulher e filha. Os militares chegaram ao local e encontraram as duas machucadas, e levaram o autor preso para a 27ª Delegacia. Minutos depois, na Asa Norte, um homem foi preso por bater na esposa na frente dos filhos, uma criança de 10 anos e um bebê de 3 meses. A vítima ficou com diversos ferimentos e o marido foi detido na 5ª Delegacia de Polícia (Asa Norte).

Já na madrugada desta segunda-feira (3/12), às 0h30, outro indivíduo foi preso na 27ª DP após agredir a ex-companheira. O último caso aconteceu no Gama, quando um homem de 29 anos xingou, ameaçou e bateu na mulher, às 3h. Ele foi autuado em flagrante na 20ª Delegacia de Polícia (Gama).

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade