Publicidade

Correio Braziliense

Homem dá cantada em mulher e é morto pelo companheiro dela em Santa Maria

O comerciante foi agredido pelo suspeito e outros dois homens antes de ser assassinado a tiros, em Santa Maria. Ninguém foi preso


postado em 03/12/2018 15:13 / atualizado em 03/12/2018 15:12

Flaubert Dias Barbosa foi morto a tiros(foto: Arquivo pessoal )
Flaubert Dias Barbosa foi morto a tiros (foto: Arquivo pessoal )
A polícia tenta identificar um homem suspeito de assassinar a tiros o comerciante Flaubert Dias Barbosa, 37 anos. Conforme apuração da 33ª Delegacia de Polícia (Santa Maria), a vítima foi morta porque cantou a mulher do suspeito, na madrugada de domingo (2/12). O caso ocorreu na DF-290, módulo 3, em Santa Maria.  
 
O comerciante é morador de Valparaíso e, no sábado (1/2), saiu de casa para beber em um estabelecimento de Santa Maria. Na madrugada de domingo (2/12), por volta das 4h, ele se envolveu em uma discussão após cantar uma mulher que passava pelo local.
 
Segundo testemunhas, o companheiro da moça se aproximou de Flaubert e começou uma briga por causa da atitude do comerciante. Outros dois homens se juntaram ao suspeito e, juntos, agrediram a vítima.
 
Flaubert conseguiu se desvencilhar do trio, mas o primeiro homem pegou a arma de fogo e disparou. O tiro pegou na altura das costas da vítima, que caiu. O companheiro da mulher se aproximou e atirou mais três vezes, desta vez, na cabeça.
 
Depois de cometer o homicídio, o suspeito se juntou aos dois amigos e à moça, fugindo em um carro. O comerciante morreu no local do crime. Até a mais recente atualização desta reportagem, os envolvidos não haviam sido identificados.
 
Vídeos de um circuito de segurança que mostram o momento do assassinato foi apreendido pelos agentes. O material será utilizado para auxiliar nas investigações e chegar até os suspeitos. A polícia também pede para que quem tiver qualquer informação acerca do caso faça uma denúncia pelo 197. Não é preciso se identificar. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade