Publicidade

Correio Braziliense

Correio recebe Prêmio CNT de Jornalismo

Série de reportagens dos repórteres Pedro Grigori e Walder Galvão sobre o Acordo de Paris rendeu uma das láureas mais tradicionais ao veículo


postado em 05/12/2018 23:25

Pedro Grigori e Walder Galvão: vencedores da categoria Meio Ambiente e Transporte do Prêmio CNT de Jornalismo(foto: Reprodução)
Pedro Grigori e Walder Galvão: vencedores da categoria Meio Ambiente e Transporte do Prêmio CNT de Jornalismo (foto: Reprodução)
O Correio recebeu, na noite desta quarta-feira (5/12), o prêmio CNT de Jornalismo na categoria Meio Ambiente e Transporte. A série de reportagens vencedora chama-se Caminho até 2030: desafios do setor de Transportes para o Acordo de Paris, assinada pelos repórteres Pedro Grigori e Walder Galvão e publicada entre 29 e 31 de julho de 2018. 

Finalista da mesma categoria em 2017, Pedro Grigori destaca a importância de receber o prêmio neste ano. "É bastante simbólico receber esse prêmio no atual contexto político do Brasil e do mundo, em que se discute muito sobre o aquecimento global, se é verdade ou não. A série traz provas de que, sim, ele existe", conta.

Walder Galvão, no mesmo sentido, comemora a vitória: "É muita emoção receber esse prêmio, ainda mais tratando de um tema tão importante que é o Acordo de Paris. Eu acho que é um dever do Brasil contribuir para reduzir a emissão do gás carbônico no meio ambiente".

O Prêmio CNT de Jornalismo, organizado pela Confederação Nacional dos Transportes, é uma das premiações mais tradicionais do Brasil. Esta é a 25ª edição da entrega das láureas.

Na série vencedora, o Correio abordou, ao longo de quatro reportagens, o nível de qualidade do ar do Distrito Federal; o crescimento no número de carros acima da taxa de natalidade; as barreiras para o aumento no uso de etanol e a utilização de meios de transporte público e privado alimentados por matriz energética.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade