Publicidade

Correio Braziliense

Homem é preso suspeito de espancar morador de rua até a morte

O crime ocorreu na madrugada de 11 de dezembro, no Centro de Taguatinga. Segundo a polícia, o acusado teve a ajuda de dois adolescentes para cometer o assassinato


postado em 24/12/2018 09:45 / atualizado em 24/12/2018 09:54

Enquanto três pessoas espancavam a vítima, outras duas observavam sem interferir ou ligar para a polícia(foto: Reprodução)
Enquanto três pessoas espancavam a vítima, outras duas observavam sem interferir ou ligar para a polícia (foto: Reprodução)
 

Um homem foi preso acusado de assassinar uma pessoa em situação de rua, em Taguatinga. O crime ocorreu na madrugada de 11 de dezembro, na C12, quadra localizada no centro da região administrativa. O suspeito teria cometido o homicídio com a ajuda de dois adolescentes. 

 

A 12ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Centro), responsável pela investigação, divulgou um vídeo do momento em que a vítima é espancada violentamente. O homem está em um canto, em frente a um comércio, enrolado em um cobertor. De repente, o acusado, um adolescente e uma moça chegam. Um dos suspeitos se direciona até o morador de rua e o ataca com chutes e murros.

 

A vítima cai no chão e continua sendo agredida. O segundo agressor continua os golpes, enquanto a jovem observa tudo. Os suspeitos usam um objeto para golpear o morador de rua diversas vezes. 

 

A vítima não reage às agressões, mas continua sendo ferida. Após cerca de um minuto, um terceiro suspeito prossegue o espancamento. Uma segunda jovem também fica no local, observando o crime com a outra moça. 

 

Uma das meninas vai até o homem e o afasta do corpo da vítima. Eles e a outra menina saem, enquanto os outros dois jovens continuam o espancamento. Um deles busca um banquinho e joga contra a vítima. Depois, a dupla também vai embora. 

 

A vítima chegou a ser socorrida com traumatismo craniano e foi encaminhada ao hospital. Contudo, não resistiu aos ferimentos e morreu. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade