Publicidade

Correio Braziliense

PM detona mochila com suposto explosivo em frente a igreja de Brazlândia

Uma pessoa que passava em frente ao local entranhou o pacote e acionou os militares, que explodiram a mochila às 4h


postado em 25/12/2018 14:03 / atualizado em 25/12/2018 14:03

Operação Petardo começou por volta de meia-noite e foi concluída com sucesso perto das 4h com o artefato sendo desativado por um robô da PM(foto: Divulgação/PMDF)
Operação Petardo começou por volta de meia-noite e foi concluída com sucesso perto das 4h com o artefato sendo desativado por um robô da PM (foto: Divulgação/PMDF)
 
Agentes do Grupo Anti-Bomba do Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar atenderam uma ocorrência de suspeita de bomba na madrugada desta terça-feira (25/12) em Brazlândia. O artefato estava ao lado de uma igreja na Quadra 2/4 da cidade.

De acordo com informações da comunicação da PM, uma pessoa passou em frente ao local e estranhou a presença de uma mochila que havia sido abandonada ao lado do Santuário do Menino Jesus. Após ser acionada, a corporação verificou que havia a possibilidade de ter um artefato explosivo na bolsa.

Os policiais precisaram isolar ruas próximas da igreja para detonar o material. A Operação Petardo, como foi batizada, começou por volta de meia-noite e foi concluída com sucesso perto das 4h com o artefato sendo desativado por um robô da PM.

Outros casos

Em novembro, uma outra ameaça de bomba também mobilizou militares do Bope. Na ocasião, uma caixa abandonada no estacionamento do Conjunto Nacional levantou suspeita sobre a possibilidade de haver um artefato explosivo. Dentro dela, no entanto, havia um instrumento musical.

Em outubro, durante o segundo turno das eleições, policiais atuaram em uma suspeita de bomba na Escola Classe 19 de Taguatinga. A área foi isolada para que um pacote suspeito fosse investigado. Para garantir a segurança dos moradores ao redor do espaço, a corporação destruiu o objeto.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade