Publicidade

Correio Braziliense

Barragem do Descoberto extravasa e termina o ano com 100% da capacidade

O principal reservatório do Distrito Federal fecha o ano com sua capacidade máxima e água começa a verter sem a ajuda do vento


postado em 27/12/2018 09:05 / atualizado em 27/12/2018 21:43

(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)

A Barragem do Descoberto chegou a 100% de sua capacidade na manhã desta quinta-feira (27/12). Segundo a Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb), esta é a primeira vez em dois anos que a água começou a verter naturalmente, sem a ajuda do vento. O último evento desse tipo aconteceu no dia 10 de abril de 2016.

Ver galeria . 7 Fotos Ed Alves/CB/D.A Press
(foto: Ed Alves/CB/D.A Press )


A situação do principal reservatório do DF está bem mais confortável do que um ano atrás. Em 27 de dezembro de 2017, o Descoberto marcava 28,1%, um dos menores índices já registrados na historia do Distrito Federal. 

Mesmo com o extravasamento, não existe abertura de comportas na barragem. A parte que transborda se junta ao fluxo normal do rio Descoberto, que é explorado pela agricultura ao longo do caminho, ou acaba tendo participação na geração de energia quando a correnteza chegar a Corumbá IV.


Chuva e melhor média histórica


A sequência de chuvas que caiu sobre a região contribuiu para que o Descoberto registrasse os melhores índices do ano nos dois últimos meses de 2018. Segundo a Agência Reguladora das Águas (Adasa), a chuva acima da média fez com que o Descoberto também superasse a previsão apontada na curva de acompanhamento do reservatório. Em maio, a previsão era de que a bacia fechasse dezembro de 2018 com 29,8% da capacidade.

O Descoberto é responsável pelo abastecimento de 64% da população brasiliense. Hoje, sua vazão é de 3,5 mil litros por segundo e, quando o nível máximo for alcançado, a quantidade aumentará para 4 mil litros. 


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade