Publicidade

Correio Braziliense

Polícia Militar prende estelionatário com 17 cartões clonados em Planaltina

Maurício Aerton de Souza Fernandes foi detido portando um cartão bancário em nome de outra pessoa. Na casa dele, a PMDF encontrou ainda diversos documentos em branco


postado em 28/12/2018 08:32 / atualizado em 28/12/2018 09:19

PMDF encontrou diversos RGs em branco em buscas na casa do estelionatário(foto: Divulgação/PMDF)
PMDF encontrou diversos RGs em branco em buscas na casa do estelionatário (foto: Divulgação/PMDF)
 
A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) prendeu na tarde de quinta-feira (27/12) um estelionatário que atuava na região de Planaltina. Segundo a corporação, Maurício Aerton de Souza Fernandes tem diversas passagens pelo mesmo crime. Existe a suspeita de outras pessoas envolvidas no caso.

O homem foi abordado durante um patrulhamento de rotina da PMDF no Arapoangas portando um cartão de banco em nome de uma outra pessoa. Após garantir ser dono do cartão por três vezes, os policiais localizaram o contato do proprietário, que confirmou o extravio.

Ainda não se sabe ao acerto como o acusado clonava os cartões das vítimas. "Eles enganavam as pessoas nas agências bancárias trocando ou clonando o cartão a partir de máquinas que colocavam nos caixas eletrônicos”, detalhou o major Michello Bueno.
 
Segundo o porta-voz da PMDF, existe a probabilidade de que outras pessoas possam ter participação no esquema de estelionato. "Desconfiamos que outras pessoas passavam os dados para o Maurício. Possivelmente funcionários de agências bancárias", detalhou.
 
Em buscas realizadas na residência de Maurício, os militares encontraram outros 17 cartões de diversos bancos, 10 RGs preenchidos com dados alterados e outras 17 cédulas do documento em branco. A PMDF também apreendeu computadores e carimbos de cartório. 
 
Ainda conforme o major Bueno, Maurício possuía uma vida confortável e sobrevivia do que arrecadava com o crime. Após ser preso, Maurício foi encaminhado para a 16ª Delegacia de Polícia (Planaltina).

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade