Publicidade

Correio Braziliense

Inauguradas as feiras permanentes da Estrutural e do Riacho Fundo 2

Para a feira da Estrutural, 147 comerciantes já receberam a permissão. Outros 44 serão convocados por meio de chamamento público. O edital para a Feira Permanente do Riacho Fundo II está previsto para esta sexta-feira (28/12)


postado em 28/12/2018 14:11 / atualizado em 28/12/2018 16:06

Os espaços têm cobertura e boxes com instalação de água. Um dos intuitos é fortalecer a economia das duas regiões(foto: Tony Winston/Agência Brasília)
Os espaços têm cobertura e boxes com instalação de água. Um dos intuitos é fortalecer a economia das duas regiões (foto: Tony Winston/Agência Brasília)
Moradores da Estrutural e do Riacho Fundo 2 agora podem contar uma feira permante. As estruturas foram inauguradas na manhã desta sexta-feira (28/12) e devem fortalecer a economia das regiões administrativas. "Nas feiras estão os pequenos empreendedores, porque são atividades que geram muitos empregos", destacou o governador Rodrigo Rollemberg na solenidade. 

A Feira Permanente da Estrutural abrigará os feirantes que atuam área central da região. O espaço tem 2,5 mil metros quadrados e 191 boxes. Desse total, 104 com instalação de água. Cada banca tem 4 metros quadrados. O local conta ainda com cobertura, banheiros, sala de brigadistas, escritório, praça de alimentação e estacionamento para 100 veículos, instalados na Área Especial nº4, no Setor Complementar de Indústria e Abastecimento, ao lado da sede Administração Regional. A obra custou R$ 3.458.992,08, oriundos de conve%u0302nio entre o governo de Brasi%u0301lia e a Caixa Econo%u0302mica Federal.

Com a melhoria da estrutura, o negócio de Ana Francisca do Nascimento, 57 anos, vai render mais. A feirante vende produtos variados, como sapatos e roupas, e atuava na rua há cerca de 12 anos. "Eu trabalhava sob sol e chuva, tinha prejuízo com a perda de material. Agora vou conseguir vender um pouco mais", comemorou.

Riacho Fundo  

No Riacho Fundo 2, a Feira Permanente fica na QN 10, Conjunto 04, lotes 4 a 6. O local atende à demanda antiga da comunidade, reivindicada em Roda de Conversa.  Com área de 2.322 metros quadrados, o espaço é dividido em 108 boxes, dos quais 28 têm instalação de água. Além de sala de apoio, banca de revistas, zona para carga e descarga, caixas eletrônicos, balcão de informações, bicicletário e estacionamento.

As bancas podem ser de três tamanhos diferentes: 9 metros quadrados; 10,4 metros quadrados e 10,95 metros quadrados. A construção custou R$ 5.296.160,77, com parte dos recursos de emenda parlamentar.

Em ambos os casos, cada feirante pagará o preço público de R$ 5,69 por metro quadrado por mês. O valor se refere à concessão de uso, que vigora até que seja aberta licitação.

A escolha dos ocupantes se deu por meio de chamamento público. As atividades no espaço começarão assim que for emitida a Licença de Funcionamento, conforme determina a legislação. Quem já recebeu o termo de cessão de uso pode ocupar os boxes.

Para a feira da Estrutural, 147 comerciantes já receberam a permissão. Outros 44 feirantes serão convocados por meio de chamamento público. O edital para a Feira Permanente do Riacho Fundo II está previsto para esta sexta-feira (28). 

Com informações da Agência Brasília
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade