Publicidade

Correio Braziliense

Saiba como fica o trânsito na área central neste 1º de janeiro

Áreas foram isoladas e carros precisarão desviar de algumas vias durante o período das cerimônias oficiais. Carros estão proibidos de trafegar na Esplanada. Veja como vai ficar o acesso às regiões centrais da cidade


postado em 01/01/2019 06:00

Apenas pessoas credenciadas estão autorizadas a circular pela Esplanda dos Ministérios: boa parte da região fica fechada para veículos (foto: Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)
Apenas pessoas credenciadas estão autorizadas a circular pela Esplanda dos Ministérios: boa parte da região fica fechada para veículos (foto: Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)
O primeiro dia de 2019 terá vias fechadas, trânsito desviado e um forte esquema de segurança montado para as posses do presidente Jair Bolsonaro (PSL) e do governador Ibaneis Rocha (MDB). As mudanças para o brasiliense vão durar o dia todo. A circulação só volta ao normal após o encerramento dos eventos na Esplanada dos Ministérios e na altura do Palácio do Buriti. Na área central, o esquema de preparação começou há três dias. No Setor de Indústrias Gráficas (SIG), as interdições ocorrerão a partir das 8h de hoje.

A Secretaria de Segurança Pública e da Paz Social montou um esquema de policiamento reforçado para a posse de Ibaneis Rocha (MDB), com 2 mil policiais em ação. O Centro Integrado de Operações de Brasília (Ciob) funcionará com 30 agências integradas, que incluem até mesmo órgãos federais.

Ibaneis começa o dia assistindo à missa no Santuário Dom Bosco, marcada para 8h. Às 9h30, prestigiará a cerimônia de posse dos 24 futuros deputados distritais no plenário da Câmara Legislativa e, depois, seguirá para o Palácio do Buriti, onde participará, às 11h, da solenidade de transmissão de cargo no Salão Branco.

"Eu ando de ônibus, então nenhuma rua que eu passei me atrasou. Eu acho importante eles fazerem isso (esquema de segurança)" Delmira Pereira da Silva, costureira, 69 anos (foto: Tarcila Rezende/Esp. CB/D.A Press)
A Subsecretaria do Sistema de Defesa Civil e o Esquadrão de Bombas da Polícia Militar do Distrito Federal ficam responsáveis pela varredura nos locais das solenidades. Haverá ainda policiamento fixo nos três pontos.

Posse presidencial
À tarde, Jair Bolsonaro (PSL) será empossado presidente da república. A estimativa é de que  entre 250 e 500 mil pessoas compareçam à Esplanada dos Ministérios. A posse contará com um esquema de segurança reforçado no ar e em terra. A Força Aérea Brasileira (FAB) estará com aeronaves e mísseis antiaéreos para possíveis ameaças.

Por terra, militares e membros das forças auxiliares de segurança pública ocuparão pontos estratégicos ao longo da Esplanada. Diante da segurança montada, o recomendável para os interessados em acompanhar a cerimônia é chegar até as 14h.

Em função do evento, diversas ruas nas imediações da área central da cidade estão fechadas desde 29 de dezembro. As vias N1 e S1 ficarão bloqueadas e as pistas N2 e S2 também estão impedidas para passagem de veículos. Somente pessoas credenciadas poderão circular na Esplanada.

Quem for participar da posse terá que estacionar fora do circuito de segurança. Estão liberados para o público estacionamentos do Setor de Autarquias Norte e Sul, Setor Bancário Norte e Sul, do Conjunto Nacional e Conic, da Plataforma Superior da Rodoviária, do Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha e do Ginásio Nilson Nelson.

À pé, o público vai passar por vistorias pessoais em quatro pontos próximos à Rodoviária do Plano Piloto, inclusive com detectores de metal. Será impedida a entrada de objetos como fogos de artifício, apontadores a laser, objetos cortantes, drones, armas de fogo, produtos inflamáveis e até animais, carrinhos de bebê, guarda-chuvas, garrafas, bolsas e mochilas.

No último dia do ano, a costureira Delmira Pereira da Silva, 69 anos, passeava no Conjunto Nacional. Para ela, o movimento parecia normal para uma véspera de ano-novo. Em relação ao trânsito e vias fechadas, Delmira não se sentiu prejudicada. “Eu ando de ônibus, então nenhuma rua que eu passei me atrasou. Eu acho importante eles fazerem isso (esquema de segurança)”, opina.

Para o ambulante Darlan Brito, 35, o esquema de segurança e trânsito é importante para o funcionamento da cidade. No entanto, ele admite que pode ser um transtorno. “Às vezes, é complicado para quem anda de carro. Dependendo de onde quiser ir, tem que fazer muitas voltas e retornos para chegar no local. E para quem trabalha e quer chegar no horário, tem que se programar”, comenta o ambulante.


Como fica o trânsito

» As vias N1 e S1 da Esplanada dos Ministérios estão bloqueadas desde sábado. As pistas N2 e S2 também estão fechadas para os carros. Somente pessoas credenciadas poderão circular na Esplanada.

» Além dos bloqueios na área central, parte da via L4, no sentido Norte/Sul, entre a Vila Planalto e a Procuradoria-Geral da República (PGR), também está interditada. No sentido Sul/Norte, a circulação de veículos está liberada.
 
» O acesso à via L4 pela Ponte JK também fica bloqueado. Dessa forma, o trânsito de veículos será desviado para o Setor de Clubes Sul. No mesmo horário, o Buraco do Tatuí (entre a Catedral e o Museu da República), ligação entre a L2 Sul e L2 Norte, também será fechado.

» Em razão da posse do governador Ibaneis Rocha (MDB) e da Mesa Diretora da Câmara Legislativa, a faixa da direita do Setor de Indústrias Gráficas (SIG), entre a Câmara Legislativa e o Tribunal de Justiça do DF e dos Territórios (TJDFT), será exclusiva para os participantes da cerimônia do Legislativo local, a partir das 8h. O estacionamento externo do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) estará reservado para convidados.

» Também haverá intervenção na via S1, em frente à Casa, após o término da solenidade, para o deslocamento do futuro governador e do vice-governador diplomado, Paco Britto.
 
» Entre a Câmara Legislativa e a sede do Executivo local, será montado um ponto de travessia de pedestres, sob a coordenação dos agentes do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran).

» Para o último ato, em frente à Praça, o trânsito na via N1 ficará bloqueado a partir das 10h. No mesmo horário, haverá desvios para a lateral do Tribunal de Contas do DF (TCDF), subindo pela pista localizada atrás do Palácio do Buriti, que terá o sentido único invertido.

O que abre e o que fecha

» Detran-DF
Não haverá atendimento ao público hoje. As equipes de fiscalização atuarão em escalas de plantão.
 
» Hemocentro
Estará fechado hoje.

» Na Hora
Os postos estarão fechados hoje.

» Comércio
O comércio não abre hoje.

» Saúde
O atendimento será 24 horas nas emergências dos hospitais regionais, Instituto Hospital de Base (IHB) e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs).

» Corpo de Bombeiros
O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal funciona 24 horas por dia. A população pode acionar a corporação pelo número 193.

» Delegacias
O funcionamento será em esquema de plantão. As Centrais de Flagrantes e o telefone 197 funcionam 24 horas.

» Transporte público
As linhas de ônibus terão reforço entre 9h e 12h e das 16h às 19h, para a posse. Já o metrô circula das 7h às 20h no primeiro dia de 2019. Não haverá reforço na quantidade de trens.

» Aeroporto
Para evitar contratempos, a Inframérica recomenda que os passageiros com voos marcados cheguem ao Aeroporto de Brasília com antecedência de 1h30 para voos domésticos e 2h30, para voos internacionais.

» Bancos
Não haverá expediente nas agências bancárias.

» Eixão do Lazer
Devido à posse presidencial, o trânsito de veículos estará liberado nos Eixos Rodoviários Norte e Sul. Portanto, não haverá Eixão do Lazer.

» Pontos turísticos
O Jardim Zoológico funcionará normalmente, das 8h30 às 17h. O Jardim Botânico fecha as portas hoje. O Museu Vivo da Memória Candanga não abre no primeiro dia de 2019. O Parque Nacional de Brasília (Água Mineral) também ficará fechado.  Catetinho, Jardim Botânico, Torre de TV, Museu Nacional, Torre de TV Digital, Cine Brasília e Biblioteca Nacional só retornam às atividades em 2 de janeiro.

» Caesb
O atendimento será feito pela Central 115, de forma ininterrupta, e equipes de manutenção estarão em regime de plantão.

» CEB
O teleatendimento pelo 116 e os serviços de urgência funcionarão normalmente, 24 horas.

» Limpeza urbana
No dia 1º de janeiro, as equipes farão plantão somente na área central.

*Colaborou Tarcila Rezende - Especial para o Correio.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade