Publicidade

Correio Braziliense

'Vamos cuidar da saúde de forma imediata', diz Ibaneis, ao chegar a missa

Participar de missa no Santuário Dom Bosco foi o primeiro compromisso do governador eleito Ibaneis Rocha no dia em que tomará posse do cargo


postado em 01/01/2019 08:58 / atualizado em 01/01/2019 11:14

Acompanhado da esposa, Mayara Noronha, e do vice-governador, Paco Britto, o novo chefe do Executivo garantiu foco, imediato, em saúde e segurança(foto: Bárbara Cabral/Esp. CB/D.A Press)
Acompanhado da esposa, Mayara Noronha, e do vice-governador, Paco Britto, o novo chefe do Executivo garantiu foco, imediato, em saúde e segurança (foto: Bárbara Cabral/Esp. CB/D.A Press)
O dia do, ainda, governador eleito do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), começou cedo. Antes das 8h desta terça-feira (1º/1), o emedebista chegou ao Santuário Dom Bosco, localizado na Asa Sul. Animado com o primeiro dia como chefe do Executivo local, Ibaneis garantiu que o foco da gestão, de imediato, será saúde e segurança. 

"Sabemos que é um ano de muita dificuldade e o que a cidade passa. Vamos cuidar da saúde de forma imediata, já é uma determinação para o secretário. Também faremos medidas no âmbito da segurança, para tentar trazer mais policiais, principalmente aqueles que estão na reserva”, ressalta. 

Quando Ibaneis chegou à igreja, o local ainda estava vazio. Ele estava acompanhado da esposa, Mayara Noronha e do vice-governador, Paco Britto (Avante).

Segurança 

Um esquema de segurança pesado foi montado próximo ao Santuário Dom Bosco. Dezenas de policiais militares, bombeiros e agentes do Departamento de Trânsito (Detran) faziam guarda dentro e fora do templo. 

Além dos profissionais da força de segurança, Ibaneis conta com vigilância privada, que monitorava a entrada e saída de pessoas da igreja.

Ver galeria . 30 Fotos Bárbara Cabral/Esp. CB/D.A Press
(foto: Bárbara Cabral/Esp. CB/D.A Press )

 

Cronograma 

Do santuário, o emedebista segue para a Câmara Legislativa. Às 9h30, prestigiará a cerimônia de posse dos 24 futuros deputados distritais no plenário da Casa. Ao fim do ato, o advogado será encaminhado a uma sala reservada, onde deve aguardar pela solenidade na qual será empossado e, portanto, legitimado para ocupar a cadeira de governador da capital.

Por volta das 10h30, uma comissão de parlamentares o busca para a cerimônia, a ser conduzida pelo distrital Robério Negreiros (PSD), único integrante da Mesa Diretora reeleito, e realizada no auditório da Câmara Legislativa. Chegando no espaço, com capacidade para cerca de 500 pessoas, Ibaneis receberá honras militares e, junto ao vice-governador diplomado, Paco Britto (Avante), comporá a mesa.

Para iniciar a solenidade, são executados o Hino de Brasília e o Nacional. Negreiros realizará um pronunciamento inicial e lerá o termo de posse que, na sequência, será assinado pelo futuro governador. Após esse momento, Ibaneis realizará o primeiro discurso como chefe do Buriti. A cerimônia, então, chega ao fim, com a convocação para a eleição da Mesa Diretora da Câmara Legislativa, prevista para as 15h.

Em um comboio, o governador diplomado se dirige ao Palácio do Buriti e sobe pela rampa da Loba Romana até a porta, onde será cumprimentado pelo atual chefe do Executivo local, Rodrigo Rollemberg. No último ato como comandante do GDF, o socialista entregará a faixa ao sucessor.

No ato mais aguardado do dia, Ibaneis subirá ao palco, numa estrutura montada na praça do Buriti, para discursar e dar posse aos secretários de Estado. Para a solenidade, foram distribuídos 2 mil convites. O espaço conta com três divisões para acomodação: autoridades, família e demais convidados. Do evento, o emedebista segue para a posse do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL). 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade