Publicidade

Correio Braziliense

Fechada desde sábado para a posse, Esplanada deve ser liberada às 6h

Segundo balanço da SSP-DF, um homem foi preso pela PMDF por importunação sexual


postado em 01/01/2019 21:55 / atualizado em 01/01/2019 21:56

Na avaliação da pasta, o evento transcorreu 'dentro do planejado
Na avaliação da pasta, o evento transcorreu 'dentro do planejado" (foto: Barbara Cabral/Esp. CB/D.A Press)

O primeiro dia do ano de 2019 em Brasília foi marcado pela mobilização para a cerimônia de posse do presidente Jair Bolsonaro (PSL). Na noite desta terça-feira (1º/1), a Secretaria de Segurança Pública (SSP) divulgou um balanço da Operação Posse Presidencial, que teve a participação de agentes de diversos órgãos do Distrito Federal. Na avaliação da pasta, o evento transcorreu 'dentro do planejado".

De acordo com a SSP-DF, um homem foi preso por pela Polícia Militar (PMDF) por prática de importunação sexual. Segundo a corporação, ele foi acusado de acusado de encostar a genitália em mulheres que estavam na Praça dos Três Poderes. Ele foi conduzido, por volta das 16h, para a 5ª Delegacia de Polícia, onde permanece detido. Já a Polícia Civil (PCDF) registrou cinco furtos de celulares e um de motocicleta durante o evento na Esplanada dos Ministérios. 

Ainda conforme o balanço elaborado pelas forças de segurança, o Corpo de Bombeiros Militar (CBMDF) realizou 18 atendimentos. Em um deles, uma pessoa foi transportada pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital de Base com sinais de embriaguez. No entanto, a corporação informou ter atuado em 27 ocorrências de baixa gravidade, com duas pessoas sendo encaminhadas para hospitais.

De acordo com o boletim, o Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) foi acionado duas vezes para desobstruir vias próximas à região central de Brasília. Segundo a SSP-DF, a ação foi necessária pois veículos bloquearam o fluxo próximo ao Ministério da Defesa e também entre o Teatro Nacional e o prédio do Incra. 

Ao todo, segundo dados levantados pelo Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República (GSI) e o Centro Integrado de Operações de Brasília (Ciob), 115 mil pessoas foram até a Esplanada dos Ministérios para testemunhar a posse de Jair Bolsonaro como novo presidente. 
 

Liberação da Esplanada


Segundo as autoridades, o público que se deslocou até a Esplanada dos Ministérios começou a ser dispersado no início da noite, quando a comitiva presidencial começou a chegar ao Palácio Itamaraty para a realização de uma recepção para autoridades, familiares e amigos do presidente. O coquetel é o último compromisso do cerimonial.

Após o fim da recepção, será realizada a limpeza das vias bloqueadas e a retirada das barreiras instaladas no decorrer da Esplanada. Segundo o Comando de Policiamento de Trânsito (CPTran) da PMDF, a liberação das vias N1, S1, N2, S2 e imediações está prevista para acontecer por volta das 6h.
 
Ver galeria . 59 Fotos Ed Alves/CB/D.A Press
(foto: Ed Alves/CB/D.A Press )
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade