Publicidade

Correio Braziliense

De férias e sem dinheiro? Saiba o que fazer no DF com até R$ 40

O Correio dá aquela ajudinha para quem ficou na capital e quer aproveitar o mês de férias sem gastar muito


postado em 03/01/2019 10:53 / atualizado em 03/01/2019 12:13

Aquele tão sonhado descanso chegou para muitos brasilienses. Depois de meses de trabalhos, plantões, estudos e compromissos formais, agora é a hora de relaxar e fazer tudo aquilo que não puderam aproveitar nos meses cheios de obrigações. Mas e quando o oraçamento aperta e a viagem sonhada precisa ser adiada? 

Ficar no Distrito Federal também pode render ótimas programações, para todos os gostos e acessíveis até para quem anda com a carteira vazia. Desde as opções de aventura até as mais tranquilas, não faltam lugares para onde ir e o que fazer na capital. Confira:

Diversão

O tradicional parque de diversões do Nicolândia é aberto todos os dias e tem promoções de ingresso de terça a sexta-feira. Para economizar ainda mais, basta juntar um grupo de quatro pessoas para comprar o ingresso combo, que custa R$ 35 por pessoa. 

Quem adquire a entrada tem direito a brincar quantas vezes quiser nas atrações do lugar, da hora de abertura até o encerramento. Tobogãs e montanhas russa são os brinquedos mais populares.
 
Endereço: Parque da Cidade Sarah Kubitschek, Estacionamento, Quadra 12 - Asa Sul(foto: Nova Nicolândia/Divulgação)
Endereço: Parque da Cidade Sarah Kubitschek, Estacionamento, Quadra 12 - Asa Sul (foto: Nova Nicolândia/Divulgação)

 
Horário: Segunda a sexta de 14h às 21h. Sábado, domingo e feriados das 11h às 20h.

Música

Quem gosta de ar livre, música e aquele clima de felicidade bem brasileiro já tem para onde ir. O evento Samba Urgente vai trazer ao DF Toninho Geraes, um dos maiores compositores do gênero musical do país, conhecido por ser autor de músicas como Mulheres, cantada por Martinho da Vila. 

O melhor: o show acontece como um evento de amigos, de graça, no meio da rua, no Setor Comercial Sul. E quem não gosta de samba não precisa se preocupar, pois a banda Passo Largo estará tocando do rock ao blues.  
 
Endereço: Canteiro Central %u2013 Ed. Paranoá, Setor Comercial Sul (foto: Marilia Lima/CB/D.A Press)
Endereço: Canteiro Central %u2013 Ed. Paranoá, Setor Comercial Sul (foto: Marilia Lima/CB/D.A Press)
 
 
Dia 5 de janeiro, das 21h às 5h

Cultura

Além de embelezar o centro de Brasília e ser um dos projetos mais famosos de Niemeyer, o Museu Nacional também tem muito conteúdo. Só neste começo de janeiro, ele recebe três exposições de diferentes artistas, para todos os gostos, com entrada gratuita.

A mostra "A-riscado ACT: Arte, Ciência e Tecnologia", é um dos destaques. Até o dia 13 de janeiro ela estará disponível no local, com peças que promovem reflexões sobre a democratização da ciência pelos meios artísticos. Quem for ao museu neste mês também encontrará as exposições "A Xilogravura Popular: Xilógrafos, Poetas e Cantadores" e "Por sobre o tempo/cristal corpo/flutua", que possuem obras imersivas e interativas até fevereiro. 
 
Endereço: Museu Nacional, Setor Cultural Sul Lote 02 - Esplanada dos Ministérios(foto: Robson G. Rodrigues/Esp. CB/D.A Press)
Endereço: Museu Nacional, Setor Cultural Sul Lote 02 - Esplanada dos Ministérios (foto: Robson G. Rodrigues/Esp. CB/D.A Press)
 
 
Horário: Terça a domingo, de 9h às 18h30

Cinema

A experiência de ver o filme naquela tela grande, com som alto e comendo pipoca faz com que ir ao cinema seja mais do que um passatempo, e acabe virando um programa especial. Fazer isso em um local que faz parte da identidade do DF, sem pagar muito, então, é ainda mais único. 

Com ingressos de R$ 6, a meia entrada, o Cine Brasília está com três filmes na programação até o dia 9 de janeiro: o drama "Meu Querido Filho", o primeiro longa de Jagoda Szelc, "Torre - Um Dia Brilhante", o romance "Asako I & II”, e a comédia "2 Outonos e 3 Invernos", de Sébastien Betbeder.
 
Endereço: Asa Sul, Entrequadra Sul 106/107(foto: Bárbara Cabral/Esp. CB/D.A Press)
Endereço: Asa Sul, Entrequadra Sul 106/107 (foto: Bárbara Cabral/Esp. CB/D.A Press)

 
Horário: Diariamente, das 14h30 às 20h30, dependendo do filme escolhido

Lazer

Para dias de sol, nadar em uma piscina e depois curtir a sombra debaixo da área verde acaba sendo uma programação de dar inveja. Mas isso não é privilégio só de quem tem piscina em casa ou está hospedado em um grande hotel naquela viagem dos sonhos. O brasiliense tem isso no seu quintal, no Parque Nacional de Brasília, também conhecido como Água Mineral.

Com três opções de trilhas e duas piscinas, o local é uma ótima opção de lazer perto do centro de Brasília e tem boas opções de transporte público. O ingresso para entrada no parque custa R$ 14 para brasileiros e R$ 28 para estrangeiros. O lugar é amplo e comporta de 2 mil a 3 mil pessoas. 

Endereço: Rodovia DF-003, Via EPIA km 8,5 (foto: Vinicius Cardoso Vieira/Esp. CB/D.A Press)
Endereço: Rodovia DF-003, Via EPIA km 8,5 (foto: Vinicius Cardoso Vieira/Esp. CB/D.A Press)

 
Horários: Diariamente das 8h às 16h, com permanência permitida até às 17h

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade