Publicidade

Correio Braziliense

Advogada Ilka Teodoro será administradora do Plano Piloto, segundo partido

Ela foi candidata a deputada distrital pelo PSol nas eleições deste ano e se desfiliou da sigla para assumir o cargo no governo de Ibaneis Rocha (MDB)


postado em 03/01/2019 12:22 / atualizado em 03/01/2019 12:28

(foto: Reprodução/Facebook)
(foto: Reprodução/Facebook)

A advogada Ilka Teodoro pediu desfiliação do Psol, partido pelo qual disputou as eleições deste ano, para assumir um cargo no governo de Ibaneis Rocha (MDB). Segundo nota oficial publicada pela sigla, ela assumirá a Administração Regional do Plano Piloto. Como o partido se coloca como oposição à esquerda a Ibaneis, a permanência seria “incompatível”. Procurada pelo Correio, Ilka não quis se manifestar sobre o convite. 

Nas eleições de 2018, a advogada teve 5.663 votos para o cargo de deputada distrital, mas não foi eleita. lka tem 40 anos. Formou-se em Direito, em 1999, pelo UniCEUB. Estudou Relações Internacionais e Filosofia na UnB. É ligada à luta pelos Direitos Humanos, feminismo e ao movimento negro. 

Na gestão de Ibaneis Rocha na presidência da OAB-DF, Ilka presidiu a Comissão da Mulher Advogada da OAB/DF. Ela integrou a primeira Comissão de Advogados Iniciantes da OAB/DF no início dos anos 2000. Foi ainda orientadora e professora no Núcleo de Prática Jurídica do UniCEUB durante dez anos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade