Publicidade

Correio Braziliense

Homem que espancou esposa em elevador é preso em Valparaíso (GO)

Prisão foi efetuada logo após Alessandro Ribeiro prestar depoimento na Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher da cidade do Entorno


postado em 03/01/2019 18:27 / atualizado em 03/01/2019 19:11

Alessandro Ribeiro Oliveira foi preso logo após prestar depoimento à Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher (Deam) de Valparaíso (GO)(foto: Reprodução)
Alessandro Ribeiro Oliveira foi preso logo após prestar depoimento à Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher (Deam) de Valparaíso (GO) (foto: Reprodução)
A Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher (Deam) de Valparaíso (GO) prendeu, nesta quinta-feira (3/1), Alessandro Ribeiro Oliveira, 31 anos, flagrado por câmera de segurança espancando a mulher no elevador de apartamento na cidade do Entorno do Distrito Federal. Ele foi algemado logo após prestar depoimento na unidade policial.

À delegada Ísis Santana Leal, responsável pela investigação, Alessandro afirmou estar embriagado no momento que agrediu a esposa. "Ele disse que não se lembra de nada. Que viu o vídeo e ficou impressionado com a própria agressividade", conta a delegada. 

A Polícia Civil apura o caso desde 30 de dezembro de 2018, um dia depois do caso ter ocorrido. Na virada do ano, o vídeo com as agressões começou a circular nas redes sociais e tomou grande proporção.

Segundo a delegada, a vítima esperava o marido no prédio de amigos para voltar a casa quando Alessandro apareceu no elevador e começou a agredi-la, com socos e tapas, além de derramar cerveja na cabeça dela. Em depoimento feito nesta quarta-feira (2/1), ela contou que esse foi o primeiro caso de agressão do marido contra ela e que, por isso, não pretendia registrar ocorrência.

"Ontem (2/1), a vítima disse que não entendia direito o que estava acontecendo, não esperava pela agressividade do Alessandro. Por causa do elevador estar fechado, ela não tinha fuga e isso causou ainda mais pânico a ela", afirmou a delegada.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade