Publicidade

Correio Braziliense

Parques são opções baratas para os pais aproveitarem com filhos nas férias

Espaços de convivência do Distrito Federal são opção para famílias aproveitarem o tempo livre dos filhos durante as férias. Andar de bicicleta e patins, soltar pipa e cair na piscina são algumas das diversões


postado em 05/01/2019 07:00 / atualizado em 04/01/2019 23:20

Os tios Ricardo e Milena com Beatriz e Pietro: diversão no parquinho(foto: Arthur Menescal/Esp. CB/D.A Press)
Os tios Ricardo e Milena com Beatriz e Pietro: diversão no parquinho (foto: Arthur Menescal/Esp. CB/D.A Press)

Até 11 de fevereiro, data em que começará o ano letivo na maioria das escolas do Distrito Federal, os pais e mães de Brasília terão momentos de sobra para curtir as férias dos filhos. Quem não programou nenhuma viagem, pode desfrutar de algumas opções de lazer ao ar livre na própria capital federal. Como o verão promete muitos dias de sol, nada melhor do que levar a criançada para aproveitar o tempo livre nos parques candangos.

No Parque da Cidade, que recebe cerca de 51 mil pessoas por semana, existe uma série de atrativos, como churrasqueiras, quadras para a prática de modalidades esportivas, praças, lagos, restaurantes e seis playgrounds, dentre eles, o Parque Ana Lídia, ponto mais indicado para a diversão das crianças. Além do famoso foguete, há gangorras, escorregadores e balanços. Os irmãos Lucas e Pedro Fernandes, 4 e 2 anos, recomendam o espaço. “Gosto de ficar o dia inteiro”, diz o mais velho.
 
Geyseffer e o filho Lucas aproveitaram o sol para brincar no Parque da Cidade(foto: Arthur Menescal/Esp. CB/D.A Press)
Geyseffer e o filho Lucas aproveitaram o sol para brincar no Parque da Cidade (foto: Arthur Menescal/Esp. CB/D.A Press)
 

Mãe dos garotos, a enfermeira Geyseffer Fernandes, 29, sempre tira os filhos de casa durante as férias. Mesmo morando em Planaltina, ela gosta de levá-los ao parque localizado no Plano Piloto. “Há muita coisa para se fazer no Parque da Cidade. Ao ar livre, eles praticam atividades que desenvolvem a concentração. Além disso, tem a questão do convívio familiar. Ficamos mais próximos um do outro. Sem contar que eles também conhecem novas crianças. É muito melhor do que deixá-los o tempo todo na frente da televisão”, destaca.

O casal de policiais militares Ricardo Honório, 28, e Milena Carvalho, 28, levou dois sobrinhos para aproveitar as atrações do parquinho. Beatriz e Pietro Rafran, 8 e 5, não desperdiçaram a oportunidade: correram, pularam e escalaram alguns dos brinquedos. “Tem que brincar em tudo para não ir embora triste”, recomenda Beatriz. De acordo com Ricardo, no período de recesso, sair de casa é sempre uma boa opção. “Temos vários parques em Brasília, e todos são um prato cheio para quem gosta de curtir a família. Tanto adultos quanto crianças podem se divertir. Garanto que ninguém se arrependerá”, destaca.

Victor Gabriel Lopes jogou frescobol com os tios no Parque Ecológico de Águas Claras(foto: Minervino Junior/CB/D.A Press)
Victor Gabriel Lopes jogou frescobol com os tios no Parque Ecológico de Águas Claras (foto: Minervino Junior/CB/D.A Press)

Taguatinga


Maior parque de Taguatinga, o Taguaparque também possui opções de diversão para o público infantil. São pistas de cooper, ciclovias, quadras esportivas, playground e muitas áreas verdes. Sempre que possível, a funcionária pública Rosângela Mendes, 50, leva o neto Isac Mendes, 6, para aproveitar o espaço público. “Temos que aproveitar enquanto eles ainda são pequenos. Depois que crescem, deixam de sair com a gente”, brinca. Segundo Rosângela, o parque é uma excelente opção. “É um espaço arejado e amplo. Além de fazer a alegria do neto, eu aproveito para caminhar e respirar um pouco de ar puro. Vale a pena vir até aqui”, garante.

O parque é ideal para quem quer dar os primeiros passos em cima de uma bicicleta ou em um patins, como fez Maria Luiza Medeiros, 9. Ela saiu de Brazlândia com o pai, o motorista Eudes Bispo, 41, para estrear o brinquedo novo no parque. “Aqui é tão grande que eu posso dar várias voltas. Aprendi rapidinho”, comenta. Para Eudes, por mais que seja difícil organizar a agenda para curtir as férias da filha, vale a pena. “Durante o ano inteiro, quase não temos chance para fazer esse tipo de atividade. Eu sinto falta de passar um tempo com ela; então, não posso desperdiçar as oportunidades. Nos divertimos muito”, diz.

Parque Nacional


O Parque Nacional de Brasília, onde fica a Àgua Mineral, é um dos pontos turísticos preferidos dos brasilienses. As principais atrações são as duas piscinas de água corrente. O local também oferece ao visitante a possibilidade de caminhar ou pedalar em meio à natureza em três trilhas: a da Capivara, a do Cristal Água e a União.

Segundo a administração do parque, nesta época do ano, o número de visitantes dobra em relação aos meses de baixa temporada. A entrada custa R$ 14 para pessoas entre 13 e 60 anos. Visitantes de até 12 anos ou acima de 60 não pagam ingresso. A agente de aeroporto Cleusa Eustáquio, 47, é uma das pessoas que escolheu o local para curtir as férias. Ela mora no Gama e foi ao parque com a filha, a irmã e o cunhado para aproveitar o dia de sol do verão brasiliense. “Aqui é um local bem-arejado. Por mais que tenha muita gente, não é tumultuado. É um lugar ótimo para vir com as crianças. Um ambiente bem família, tranquilo e gostoso para curtir um dia de folga”, indica Cleusa.
 
Cleusa Eustáquio e parentes:
Cleusa Eustáquio e parentes: "Um ambiente bem família, tranquilo e gostoso para curtir um dia de folga" (foto: Arthur Menescal/Esp. CB/D.A Press)

Maria Carramilo, 44, e mais sete familiares também aproveitaram o tempo livre para se divertir na piscina natural do parque. “Todos estamos de férias e as crianças queriam muito tomar um banho de piscina, porque está fazendo bastante calor”, justifica. Segundo ela, o leque de opções do parque é o que mais atraiu a família até lá. “Estávamos indecisos entre algum clube e aqui. Por fim, decidimos vir para o parque por ser um lugar mais barato, com trilhas e natureza”, elogia Maria.

Maria Luiza e o pai, Eudes: passeio de patins para aproveitar o dia sem chuva(foto: Minervino Junior/CB/D.A Press)
Maria Luiza e o pai, Eudes: passeio de patins para aproveitar o dia sem chuva (foto: Minervino Junior/CB/D.A Press)

Águas Claras


Outra opção de lazer ao ar livre é o Parque de Águas Claras, com longas e largas trilhas, várias quadras de voleibol e futevôlei, além de parquinhos para as crianças. Victor Gabriel Lopes, 13, frequenta o espaço diariamente. “Aqui é top! Eu posso correr, andar de bicicleta, jogar bola e mais um monte de coisa”, comenta. Até o fim das férias, ele quer explorar ao máximo as atrações do parque com os tios. “Férias são tempo para isso: brincar e nada mais”, justifica.

Tia do garoto, a funcionária pública Heloísa Lopes, 60, espera que mais famílias aproveitem os parques do DF. “Brasília e as regiões administrativas têm muito a oferecer. Nos parques, as crianças são livres para se divertir e viver a infância da melhor maneira”, lembra.

*Estagiária sob supervisão de José Carlos Vieira
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade