Publicidade

Correio Braziliense

Assassinato no Gama é o primeiro feminicídio no DF em 2019

Crime aconteceu de madrugada. A vítima chegou a ser socorrida, mas morreu no início da tarde, no hospital da região administrativa


postado em 05/01/2019 15:57 / atualizado em 06/01/2019 18:10

(foto: Reprodução)
(foto: Reprodução)
 

Um homem assassinou a mulher a facadas no Gama, na madrugada deste sábado (5/1). O feminicídio aconteceu por volta das 4h30, no Setor Oeste. O suspeito, Thiago de Souza Joaquim, 33 anos, está foragido.

A vítima, a dona de casa Vanilma Martins dos Santos, 30, chegou a ser socorrida e levada com vida para o Hospital Regional do Gama (HRG) pelo próprio autor do crime. Ela não resistiu aos ferimentos e morreu horas depois.

O caso está a cargo da 20ª Delegacia de Polícia (área central do Gama). Tanto policiais civis quanto equipes da Polícia Militar estão nas ruas e percorrendo chácaras da região em busca de Thiago. A ocorrência foi registrada como feminicídio.

Thiago de Souza (D) deixou a vítima, Vanilma Martins (E), no hospital antes de fugir em um Vectra branco (foto: Reprodução/Facebook)
Thiago de Souza (D) deixou a vítima, Vanilma Martins (E), no hospital antes de fugir em um Vectra branco (foto: Reprodução/Facebook)
Segundo informações divulgadas pela Divisão de Comunicação (Divicom) da Polícia Civil, a informação sobre o esfaqueamento chegou à DP via rádio. Após esfaquear a mulher, o suspeito teria fugido em um Vectra branco.

Quando agentes chegaram ao local, um sobrinho de Thiago, que também mora na residência onde ocorreu o feminicídio, havia limpado a cena do crime.

Por volta de 13h40, uma tia da vítima, que não teve o nome divulgado, compareceu à 20ª DP para informar que Vanilma havia morrido. É o primeiro caso de feminicídio em 2019 no Distrito Federal.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade