Publicidade

Correio Braziliense

Sindetran chama nomeados para diretorias do Detran-DF de 'alienígenas'

Novo diretor de Controle de Veículos e Condutores foi chamado de lobista. Presidente criticou os novos nomes e afirmou que assembleias serão convocadas


postado em 12/01/2019 19:53 / atualizado em 12/01/2019 19:53

Sindicato dos Servidores do Detran pretende organizar assembleias nos próximos dias para debater as novas nomeações(foto: Gustavo Moreno/CB/D.A Press)
Sindicato dos Servidores do Detran pretende organizar assembleias nos próximos dias para debater as novas nomeações (foto: Gustavo Moreno/CB/D.A Press)
O Sindicato dos Servidores do Detran (Sindetran-DF) usou as redes sociais, na tarde deste sábado (12/1), para divulgar nota reclamando das nomeações feitas na sexta (11/1) para algumas das diretorias do órgão. Harley Bueno, que vai assumir a Diretoria de Controle de Veículos e Condutores (Dirconv), e Cláudio Severino, novo chefe da Coordenação-Geral de Atendimento ao Usuário da mesma diretoria de Harley, são alguns dos mais criticados pelo presidente do sindicato, Fábio Medeiros.
 
Na nota divulgada, ambos são chamados de “alienígenas”, uma vez que não fazem parte do quadro de servidores. O sindicato chama o novo diretor da Dirconv de “possível lobista”, e acrescenta que isso colocaria em dúvida a conduta dele quanto aos interesses que vai defender. Já em relação a Cláudio Severino, a nota afirma que ele não tem conhecimento sobre o funcionamento da autarquia, além de ser “infrator das regras de trânsito uma vez que é devedor de mais de R$ 2 mil em multas”, destaca o texto. Para o Sindicato, os compromissos firmados por Ibaneis Rocha não estariam sendo cumpridos.  
 
Por telefone, Fábio disse que foi pêgo de surpresa com as nomeações e explicou que os servidores de carreira do Detran podem ser divididos em duas categorias: a responsável por questões administrativas, e agentes de policiamento e fiscalização (que estariam, segundo ele, sendo beneficiados com os cargos). “A gente espera que as nomeações sejam revistas. Nós queremos paridade entre as carreiras e que sejam constituídas por pessoas do Detran”, disse.
 
Ainda segundo Fábio, assembleias deverão ser convocadas nos próximos dias para debater o assunto e buscar soluções. Por enquanto, não há indicativo de greve. “A gente prefere o diálogo, não temos nada contra o novo governo, até porque 95% do Detran votou no Ibaneis”, ponderou. 
 
A assessoria de comunicação do Detran informou que uma reunião será marcada até o fim da próxima semana com os servidores para explicar as nomeações. Disse ainda desconhecer as multas que pesam contra Claúdio Severino e que as acusações serão investigadas. Segundo a pasta, não há predileção por uma categoria específica de servidores uma vez que as diretorias são divididas de forma equivalente. Além disso, sempre houve a indicação de pessoas de fora do Detran par assumir diferentes postos de acordo com as capacidades técnicas de cada um.
 
Veja abaixo a nota divulgada pelo Sindetran:
(foto: Divulgação / Redes Sociais)
(foto: Divulgação / Redes Sociais)

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade